Tamanho do texto

Atleta teve o terceiro melhor desempenho da classificatória, atrás apenas do norte-americano Ryan Crouser e do neozelandês Tomas Walsh

Estadão Conteúdo

O brasileiro Darlan Romani precisou apenas de uma chance para se garantir na final do arremesso de peso nos Jogos Olímpicos do Rio. Em sua primeira tentativa, alcançou 20,94 metros e quebrou o recorde nacional. Além disso, se tornou o primeiro brasileiro finalista olímpico nesta prova.

Darlan Romani em ação nos Jogos Rio 2016
Rio 2016/REPRODUÇÃO
Darlan Romani em ação nos Jogos Rio 2016

Na manhã desta quinta-feira, no Engenhão, Darlan teve o terceiro melhor desempenho da classificatória, atrás apenas do norte-americano Ryan Crouser (21,59m) e do neozelandês Tomas Walsh (21,03m).

"Estou muito feliz com a marca, não era esperado. Esperava passar para a final sem gastar muita energia. Deu tudo certo, estou bem. Ainda concentrado com a prova. Vou esfriar a cabeça e me preparar para a final à noite", comemorou.

Quem alcançasse ao menos 20,65 m garantia classificação automática para a prova decisiva, que será disputada ainda nesta quinta-feira, às 20h30.

A promessa é de casa cheia na sessão noturna. O arremesso de peso dividirá espaço com a final dos 200 metros, na qual o jamaicano Usain Bolt pode sagrar-se tricampeão olímpico. "Foi bom competir com o estádio cheio. Minha família estava aqui e todo mundo passou muita energia positiva", exaltou Darlan.