Sob olhar de Michael Johnson, sul-africano quebra recorde mundial dos 400m

Van Niekerk derrubou marca que já durava 17 anos, desde o Mundial de Sevilla, em 1999

O sul-africano Wayde van Niekerk deixou para trás os últimos campeões olímpicos dos 400 metros, neste domingo, no Engenhão, e venceu a prova com direito a recorde mundial. Ele completou a prova em 43s03, derrubando a marca de 43s18, estabelecida pelo norte-americano Michael Johnson em 1999.

Bolt brilha, deixa Gatlin para trás e se sagra tricampeão olímpico nos 100m

Foto: Reprodução/Twitter
Sul-africano é ouro nos 400m rasos

Curiosamente, o ex-corredor estava presente no Engenhão, acompanhando as provas de atletismo como comentarista de TV. Sob os seus olhares, Van Niekerk mostrou por que é o atual campeão mundial da prova, derrubando uma marca que já durava 17 anos. Johnson registrava o recorde anterior no Mundial de Sevilla, em 99.

O sul-africano dominou a prova neste domingo desde o início. Somente no trecho final foi ameaçado pelo norte-americano LaShawn Merritt e por Kirani James, de Granada, que não conseguiram alcançar o novo recordista.

Em batalha de 4h, Murray vence Del Potro e se torna 1º bicampeão em simples

Foto: Reprodução/Twitter
Van Niekerk venceu os 400m e ainda bateu recorde mundial

Os dois foram os últimos campeões olímpicos na distância. James vencera em Londres-2012, enquanto Merritt foi o melhor em Pequim-2008. O atleta de Granada conquistou a prata, com o tempo de 43s76, e Merritt teve que se contentar com a medalha de bronze, ao anotar 43s85.

Link deste artigo: https://esporte.ig.com.br/olimpiadas/2016-08-14/recorde-400m-africa-do-sul-van-niekerk-rio-2016.html