Tamanho do texto

O fenômeno das piscinas disputa hoje sua última prova nos Jogos Olímpicos do Rio, o revezamento 4x100 m medley

Michael Phelps vai para a final dos 100m borboleta
Reprodução/Twitter
Michael Phelps vai para a final dos 100m borboleta

Depois que deixar a piscina em sua última prova da natação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, o americano Michael Phelps deve mesmo se aposentar. Dos seus 31 anos de idade, foram 24 dedicados ao esporte.

Rio 2016: Acompanhe os Jogos Olímpicos em tempo real

"Eu estou pronto para me aposentar e estou feliz com isso. Eu estou com a cabeça melhor desta vez do que há quatro anos. Estou pronto para passar algum tempo com Boomer [filho] e Nicole [futura mulher] e ver esse carinha crescer".

O nadador disputa hoje a prova de revezamento 4x100 metros medley e diz ter certeza de que não entrará em mais um ciclo olímpico de quatro anos. "Eu pude fazer tudo o que eu tinha em mente nesse esporte. São 24 anos nesse esporte. Estou feliz com como as coisas terminaram", contou ele, que disse ter voltado a uma Olimpíada depois de 2012 porque não queria viver com um "e se" 20 anos depois.

Fique por dentro: Quadro de medalhas do Rio 2016

Phelps planeja viajar depois que se aposentar e tem casamento marcado para o fim do ano. O atleta contou que seu objetivo era mudar a natação e continuar a trabalhar nisso. 

Na noite de ontem, o americano conquistou a medalha de prata na final dos 100 metros borboleta. O vencedor da prova, Joseph Schooling, de Cingapura, reconhece em Phelps uma inspiração.

"Eu queria ser como ele. Muito disso é por causa do Michael. Ele é a razão de eu querer ser um nadador melhor", disse Schooling.