Tamanho do texto

Sem perder um set nas Olimpíadas, seleção de vôlei confirma invencibilidade com mais uma vitória fácil no Rio 2016

Estadão Conteúdo

Sem perder sequer um set na Olimpíada até agora, a seleção brasileira feminina de vôlei confirmou sua invencibilidade no Maracanãzinho com mais uma vitória fácil no Rio de Janeiro. Desta vez, o time comandado pelo técnico José Roberto Guimarães venceu com parciais de 25/18, 25/18 e 25/22 nesta terceira partida do time nos Jogos Olímpicos, a primeira com Thaísa, recuperada de lesão.

Brasil vence mais nas Olimpíadas do Rio 2016
Reprodução/Twitter
Brasil vence mais nas Olimpíadas do Rio 2016

Com o terceiro triunfo consecutivo, a seleção garantiu vaga nas quartas de final. No momento, o time lidera o Grupo A, com nove pontos. Também já classificada, a Rússia tem a mesma pontuação, mas está em segundo lugar na chave porque já perdeu set no torneio olímpico.

Na sexta-feira, novamente às 22h35, o time brasileiro enfrenta a Coreia do Sul, terceira colocada, com seis pontos. O Japão está na quarta posição - o limite da classificação para a fase eliminatória, que começa na próxima terça-feira. Antes, no domingo, as brasileiras vão encarar a tradicional Rússia.

Japonesa fica no bloqueio das brasileiras Fê Garay e Fabiana
REPRODUÇÃO/CBV
Japonesa fica no bloqueio das brasileiras Fê Garay e Fabiana

Primeiro teste técnico da equipe na Olimpíada, o jogo desta quarta começou com muitas falhas na defesa brasileira diante das bolas rápidas e fortes das adversárias. A dificuldade persistiu ao longo de toda a partida, mas os erros foram contornados ainda na metade do primeiro set, quando as jogadoras conseguiram estabilizar os passes e encaixar contra-ataques no meio de rede.

A mudança de postura ocorreu após uma boa sequência de saques de Natália - a principal pontuadora da partida. Ela também protagonizou a jogada mais bonita, uma defesa no fundo da quadra, que despertou a garra e o entusiasmo das jogadoras. A partir de então, nenhuma bola foi dada como perdida para as brasileiras, que passaram apenas a administrar a vantagem no placar até o final do terceiro set.

LEIA MAIS - Saiba tudo que rola nas Olimpíadas do Rio 2016

As japonesas ameaçaram uma reação, forçando novos erros da defesa brasileira e disputando ponto a ponto a fase final. Ainda assim, as jogadoras mantiveram a calma e fecharam a partida com ponto marcado por Thaísa em sua estreia na Olimpíada. A central entrou em quadra em duas ocasiões para se adaptar ao ritmo de jogo.

O técnico Zé Roberto também colocou na partida jogadoras que estavam na reserva, como Fabíola, mãe de um bebê de três meses, e Jaqueline. Todas ovacionadas pela torcida ao entrar em quadra. Para retribuir a recepção, todas as jogadoras repetiram a meia volta olímpica cumprimentando a torcida - uma tradição da equipe, assim como as vitórias confiantes.