Tamanho do texto

Veículo foi atingido em trecho da Transolímpica, na região de Curiacica; secretaria de segurança descarta hipótese de tiros

Ônibus que transportava jornalistas é atingido na região de Curiacica
Reprodução Twitter
Ônibus que transportava jornalistas é atingido na região de Curiacica



A Secretaria de Estado de Segurança informou, nesta quarta-feira, que "objetos contundentes" foram arremessados contra um ônibus oficial dos Jogos Olímpicos do Rio, por volta das 19h45 desta terça-feira. Com a ação, vidros de janelas foram quebrados, e dois jornalistas acabaram se ferindo pelos estilhaços.

Rio 2016: Acompanhe os Jogos Olímpicos em tempo real

Passageiros do veículo, que fazia o trajeto entre a Arena da Juventude, em Deodoro, e o Parque Olímpico da Barra chegaram a pensar que eram tiros. A hipótese foi descartada pela secretaria, pois uma perícia preliminar não constatou marcas de objetos perfurantes no ônibus. Além disso, segundo o órgão, foram verificadas marcas de objetos contundentes na lataria do veículo - poderiam ser pedras ou garrafas.

O ônibus circulava no bairro de Curicica, na zona oeste do Rio. Segundo o órgão, na semana passada, pessoas insatisfeitas com a Olimpíada teriam arremessado pedras contra um ônibus contratado pela organização, mas não oficial, na mesma região. Também teria ocorrido outro caso parecido, no início do mês.

Fique por dentro:  Quadro de medalhas do Rio 2016

SUSTO

Segundo relatos do motorista que dirigia o ônibus, nas proximidades de Curiacica, ele ouviu um barulho e, ao olhar pelo retorvisor, viu os passageiros deitados no chão.

Em comunicado oficial, o Comitê Rio 2016 afirmou que o veículo passará por perícia e que o patrulhamento será aumentado na região.

*Com Estadão Conteúdo