Tamanho do texto

Pelo segundo dia seguido, não é possível se alimentar dentro do Centro Olímpico de Tiro, em Deodoro

Brasileiras perdem para a Itália no tiro com arco na primeira disputa nas Olimpíadas
Divulgação/Rio 2016
Brasileiras perdem para a Itália no tiro com arco na primeira disputa nas Olimpíadas

Estadão Conteúdo

Pelo segundo dia seguido, não é possível se alimentar dentro do Centro Olímpico de Tiro, no Parque Olímpico de Deodoro. Neste domingo, a organização dos Jogos do Rio vetou a entrada dos funcionários responsáveis por preparar os alimentos nas cinco lanchonetes espalhadas pelo local.

Rio 2016: Acompanhe os Jogos Olímpicos em tempo real

De acordo com o responsável por elas, os organizadores alegam que os empregados não têm credencial para acessar o Centro de Tiro. Por isso, neste domingo eles têm os ingredientes para preparar os lanches, mas não pode vendê-los. Só uma das lanchonetes está aberta, e comercializando apenas líquidos.

No sábado, o local já não teve opções de alimentação, mas por problemas de abastecimento. Os funcionários estavam lá, mas faltavam os ingredientes, que deveriam ter chegado na última quinta-feira. Os torcedores que quiserem se alimentar têm que abrir mão de ver as competições e voltar ao centro do Parque Olímpico de Deodoro.