Tamanho do texto

Atacante deixou o campo aos 19 minutos sentindo dores musculares; Vadão alerta que ela será avaliada, mas se mostrou otimista com uma rápida recuperação

Estadão Conteúdo

Cristiane (à esq.) é uma das principais jogadoras da seleção feminina nos Jogos
Washington Alves/Exemplus/COB
Cristiane (à esq.) é uma das principais jogadoras da seleção feminina nos Jogos

Em meio à euforia com a goleada de 5 a 1 aplicada na Suécia, na noite de sábado, a comissão técnica da seleção brasileira feminina de futebol volta às atenções agora para Cristiane, que sofreu uma lesão no bíceps femoral da parte posterior da coxa esquerda, e se tornou uma preocupação para a sequência dos Jogos Olímpicos do Rio.

Tempo Real:  Siga tudo o que está rolando nos Jogos Olímpicos neste domingo

Na entrevista coletiva concedida após o jogo, realizada na madrugada deste domingo, no Engenhão, o técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, relatou que a jogadora se sentiu "frustrada" por deixar a partida com as suecas aos 19 minutos do segundo tempo com dores musculares. "Os sintomas que ela relatou nos deixaram otimistas numa recuperação rápida", disse Vadão. "Ela será avaliada com mais calma."

Com dois de Marta, seleção goleia Suécia e garante vaga nas quartas

O médico da seleção brasileira, Marco Aurélio Cunha, disse que ainda é cedo para avaliar as condições da atleta. Ele disse que Cristiane embarcará junto com o restante da equipe para Manaus, neste domingo, às 11h30, onde o time joga com a África do Sul na terça-feira, no seu último jogo na fase de grupos. "Vamos analisar o quadro dela com tranquilidade", afirmou.

Felipe Wu ganha prata no tiro e dá ao Brasil sua primeira medalha no Rio

Cristiane não participou da coletiva. Ela deixou o vestiário e seguiu para o ônibus estacionado no lado externo do Engenhão num carrinho motorizado, juntamente com Marta. O técnico Vadão disse que a classificação antecipada para as quartas de final dará mais tempo para o time se preparar para a segunda fase.

    Leia tudo sobre: Futebol