Tamanho do texto

Ao deixarem o elevador, aberto com o auxílio de três técnicos, um dos jornalistas exibia um papel com a inscrição "SOS"

Jornalistas estrangeiros ficam 30min presos em elevador do Maracanã
Reprodução/Twitter
Jornalistas estrangeiros ficam 30min presos em elevador do Maracanã

Cinco jornalistas estrangeiros ficaram presos por 30 minutos no elevador de acesso da Tribuna de Imprensa do Maracanã, que na noite desta sexta-feira sediará a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Ao deixarem o elevador - que foi aberto com o auxílio de três técnicos - um deles exibia um papel com a inscrição "SOS".

LEIA MAIS:  Protestos contra Temer e Rio 2016 fazem trajeto da tocha olímpica ser alterado

Segundo Peng Chen, repórter do jornal chinês Tianjin Daily, o grupo ficou preso no local por meia hora. "Estava bem frio", disse, procurando demonstrar bom humor. A temperatura externa no Rio é de 28 graus no momento. Chen, que suava muito ao conseguir deixar o elevador, era quem segurava o cartaz com pedido de socorro. Ao ser aberto pelos técnicos, o elevador se encontrava cerca de 20cm abaixo do nível da porta.

Esse foi o segundo incidente com elevadores em arenas da Olimpíada em apenas dois dias. Na quinta-feira, alguns jornalistas ficaram presos em um dos equipamentos do Estádio Olímpico, o Engenhão. Naquele dia, um dos portões do estádio precisou ser aberto com um alicate porque os organizadores perderam a chave do cadeado.