Tamanho do texto

Felistas Muzongondi é a capitã e umas das principais jogadoras da equipe de futebol feminino

Equipe de futebol feminino do Zimbábue
Reprodução Twitter
Equipe de futebol feminino do Zimbábue

Os Jogos Olímpicos proporcionam muitas emoções para os atletas, mas a principal delas é o orgulho em representar a sua nação. Foi com esse propósito que Felistas Muzongondi, jogadora de futebol da seleção do Zimbábue, se esforçou entre o emprego em uma fábrica de açúcar e a preparação para chegar ao Rio de Janeiro.

VEJA MAIS: Corredora sul-sudanesa será porta-bandeira do time de refugiados

"Tinha que balancear o tempo para ir ao trabalho e realizar toda a preparação dos treinamentos. Eu sou funcionária de uma fábrica de açúcar, que é o meu emprego. Como capitã posso dizer que foi uma jornada difícil para chegar até aqui. Mas participar de uma festa e ver um estádio lindo como este, que não existe no meu país, é uma experiência magnífica. Estou extremamente emocionada. Valeu o esforço e estou realizada", disse a atleta ao site Lancenet!

O técnico da seleção do Zimbábue, Shadreck Mlausi, também falou das dificuldades e da falta de apoio do seu país com a equipe de futebol feminino. 

"Nossas jogadores não recebem dinheiro e o apoio para elas é quase nulo. Eu sou professor de educação física e treinador da seleção nacional, tenho que mesclar as atividades para tentar ajudar a desenvolver o esporte no meu país", comentou o treinador da equipe africana.

Confira: Boxeador acusado de estupro teve de ser preso "por ser estrangeiro"

Fez história nos Jogos Olímpicos do Rio 2016

Apesar das dificuldades enfrentadas e a goleada sofrida na estreia para a Alemanha por 6 a 1, a partida foi histórica, já que foi a primeira vez que o Zimbábue se classificou para disputar um esporte coletivo nas Olimpíadas. Antes, o país africano havia participado dos jogos de 1980, em Moscou, mas como convidado na modalidade hóquei de grama. Com o final feliz e de forma surpreendente, ficou com a medalha de ouro.

LEIA TAMBÉMCOI inclui surfe, caratê, beisebol, skate e escalada na Olimpíada de 2020

Além da Alemanha, o Zimbábue vai enfrentar o Canadá e a Austrália, pelo Grupo G da competição de futebol femininos dos Jogos Olímpicos. A próxima partida da seleção africana será contra as canadenses, sábado, dia 6, às 15h00, na Arena Corinthians.    

    Leia tudo sobre: Futebol