Tamanho do texto

Caso o atleta da NBA seja mesmo baixa na seleção, Olivinha (do Flamengo) ou Jefferson (liberado pelo Bauru) podem ser chamados

Anderson Varejão pode ser cortado dos Jogos
Divulgação/Coca Cola
Anderson Varejão pode ser cortado dos Jogos

A seleção brasileira masculina de basquete pode ter mais um desfalque de peso nos Jogos Olímpicos do Rio 2016. Nesta segunda-feira, a assessoria de imprensa do pivô Anderson Varejão informou que o atleta embarcou para os Estados Unidos na noite de domingo, por orientação de sua equipe, o Golden State Warriors, da NBA.

Mais Rio 2016:  esperança de medalha, atletas menores de idade encaram "vida dupla"

O jogador não treinou durante toda a última semana com a seleção brasileira no clube Hebraica, em São Paulo, por causa de fortes dores nas costas. No domingo, antes de viajar aos Estados Unidos, Anderson Varejão participou do revezamento da tocha olímpica em São Paulo, mas não aceitou falar com a imprensa.

Ainda de acordo com o staff de Varejão, ele foi liberado pela CBB para a viagem e "será submetido a exames mais detalhados nos próximos dias e passará por avaliações que vão auxiliar na sequência de sua recuperação".

E mais
Paes sugere canguru para deixar australianos à vontade na Vila Olímpica

A Confederação Brasileira de Basquete (CBB) ainda não se pronunciou sobre a situação, ainda que o técnico Anderson Magnano já tivesse expressado sua preocupação a respeito da condição física de Anderson Varejão, que pode ser cortado.

O treinador argentino optou por trabalhar com um grupo pequeno. Dos 14 convocados, só dois foram cortados: o também ala-pivô Vitor Faverani, por lesão, e o armador Larry Taylor, dispensado.

Quem são as opções?

Caso precise substituir Varejão, Magnano parece ter duas opções. Uma é escolher um dos atletas que faturaram o vice no Campeonato Sul-Americano, no fim do mês passado: Olivinha (do Flamengo) ou Jefferson (liberado pelo Bauru).

A outra é engolir o orgulho e convocar o jovem Cristiano Felicio do Chicago Bulls. O jogador estava na lista inicial de convocados, havia se comprometido a se apresentar, mas avisou Magnano de que havia optado por disputar a Summer League da NBA, deixando o treinador irritado. Felício não só disputou a competição como foi campeão. Agora, estaria livre para se apresentar à seleção.

Confira
Rússia escapa da proibição total na Olimpíada, mas terá atletas suspensos

Para o garrafão, Magnano conta com Augusto Lima, reserva do Real Madrid, Nenê, que recentemente assinou com o Houston Rockets, e Rafael Hettsheimer, do Bauru. Tiago Splitter, outro jogador da posição, está com uma lesão no quadril e sequer pôde ser convocado. Lucas Bebê também optou pela Summer League.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.