Tamanho do texto

"Quero ir, quero estar com a equipe, quero cumprir meus quatro Jogos Olímpicos, quero defende esta seleção mais uma vez"

Estadão Conteúdo

Pau Gasol mudou de ideia e vai atuar nas Olimpíadas
DIVULGAÇÃO - FIBA
Pau Gasol mudou de ideia e vai atuar nas Olimpíadas


Um mês depois de afirmar que cogitava não disputar os Jogos Olímpicos do Rio por causa do temor pela contaminação do vírus da zika, o pivô espanhol Pau Gasol mudou de ideia e anunciou, neste sábado, que está à disposição do técnico da seleção espanhola de basquete. O anúncio foi feito por meio de um artigo no jornal esportivo Marca.

"Quero ir, quero estar com a equipe, quero cumprir meus quatro Jogos Olímpicos, quero defende esta seleção mais uma vez. Quando você tem uma idade, nunca se sabe quando será o último campeonato que vai disputar. Cada torneio é mais especial que o anterior, porque você não sabe qual será o seguinte, nem se terá mais oportunidades", escreveu o jogador de 35 anos.

De acordo com Gasol, era sua responsabilidade "alertar" sobre o zika porque este é um "tema grave". Da mesma forma, no entender do jogador, também é sua responsabilidade disputar a Olimpíada.

"Minha sensação é também agridoce pela triste que é a situação dos esportistas que vão aos Jogos, mas as circunstâncias são essas. Mantenho a esperança que as autoridades sanitárias, locais ou internacionais, e os organismos que organizam os Jogos sejam suficientemente consequentes e responsáveis com todo mundo que está disposto a ir competir", cobrou Gasol no artigo.

O jogador lembrou que "não são poucas as desistências", algumas por temor do zika e outras que "sem dúvida" também tem a ver "indiretamente" com a situação sanitária do Brasil. "Meu compromisso com a seleção é maior que o medo do que possa acontecer", garantiu.