Tamanho do texto

França, Bielo-Rússia e Turquia caíram no Grupo A, o mesmo da equipe comandada pelo técnico Antonio Carlos Barbosa

Seleção feminina de basquete que vai para os Jogos Rio 2016
Gaspar Nóbrega / Inovafoto
Seleção feminina de basquete que vai para os Jogos Rio 2016

A seleção brasileira feminina de basquete conheceu neste domingo os adversários que faltavam para a disputa da fase de grupos dos Jogos Olímpicos do Rio. França, Bielo-Rússia e Turquia garantiram vaga pelo Pré-Olímpico Mundial disputado em Nantes, na França, e caíram no Grupos A, que conta ainda com Japão e Austrália.

Leia +  Chama olímpica percorre o Brasil e já passou por cartões-postais de 151 cidades

O sorteio dos grupos aconteceram em 11 de março e deixou em aberto as vagas do Pré-Olímpico. Espanha e China também se classificaram e caíram no Grupo B, que conta ainda com Estados Unidos, Canadá, Senegal e Sérvia.

Tabela final do basquete feminino do Rio-2016 foi conhecida neste domingo
Divulgação / CBB
Tabela final do basquete feminino do Rio-2016 foi conhecida neste domingo

“Não tive nenhuma surpresa, apenas tiramos a dúvida das divisões dos grupos. Todas as equipes que saíssem do Pré-Olímpico Mundial seriam boas”, disse o técnico Antonio Carlos Barbosa. "Assisti aos jogos e não vi nada que não seja impossível para nós", completou.

O Brasil fará a sua estreia na Olimpíada no dia 6 de agosto contra a Austrália, medalha de bronze nos Jogos de Londres-2012. Depois terá como adversários o Japão (dia 8), campeão asiático, e as outras três seleções classificadas no Pré-Olímpico Mundial: Bielo-Rússia (9), França (11) e Turquia (13).

“Contra a França teremos a oportunidade de realizar três jogos amistosos no final do mês, em Biarritz, e vamos poder analisar o nível que estamos. Depois teremos ainda mais um mês para corrigirmos e melhorarmos o que for possível. E, dos adversários que já estavam definidos, teremos a Austrália, que é uma grande equipe, e o Japão, atual campeão asiático”, afirmou Barbosa.