Tamanho do texto

Nikita Kamayev havia renunciado ao cargo na Rusada em dezembro após ter sido acusado de acobertar casos de doping de atletas russos

Nikita Kamayev morreu aos 50 anos de idade
Divulgação
Nikita Kamayev morreu aos 50 anos de idade


Morreu neste domingo (14), aos 50 anos, o ex-diretor-executivo da Rusada (Agência Antidoping da Rússia) Nikita Kamayev, informou a mídia local. Segundo as primeiras informações, o cartola faleceu de um ataque cardíaco fulminante.

A agência de notícias local Ria Novosti informou que o dirigente não sofria de problemas cardíacos conhecidos e que a morte de Kamayev ocorreu em casa, enquanto aguardava a ambulância.

O ex-cartola havia renunciado ao cargo em dezembro após ter sido acusado de acobertar casos de doping de atletas russos, em um caso que fez a Agência Mundial Antidoping (Wada) suspender o país de todas as competições oficiais por tempo indeterminado.

O russo é o segundo acusado de corrupção na agência antidoping que falece em menos de 15 dias. No dia 3 de fevereiro, o também ex-dirigente e fundador da Rusada Vyacheslav Sinev morreu de "causas desconhecidas".