Tamanho do texto

Comitê Organizador entregou três instalações na semana em que a cidade recebe um evento-teste de tênis de mesa

Rio de Janeiro está sediando evento-teste de tênis de mesa esta semana
EFE/Marcelo Sayão
Rio de Janeiro está sediando evento-teste de tênis de mesa esta semana

O Rio de Janeiro entregou nesta quarta-feira três instalações dos Jogos Olímpicos de 2016 e o local que receberá a competição de tênis de mesa recebeu o sinal verde por parte de vários concorrentes e da organização.

Estas avaliações foram feitas durante a primeira visita às instalações, localizadas no bairro da Barra da Tijuca, onde estão acontecendo os testes para comprovar a qualidade dessas estruturas.

Leia: Governo Federal divulga imagens de arenas em adiantado estágio de construção

O gerente de Arquitetura de Instalações Esportivas do Comitê Organizador Rio 2016, Gustavo Nascimento, ressaltou que a organização está se centrando nas "áreas de competição, nos sistemas de resultados e nos voluntários, voluntários específicos de esporte" para poder apresentar os resultados do teste neste sábado.

O aspecto técnico que ainda preocupa à organização é o ar condicionado, que, caso que não seja operado corretamente, poderia gerar inconvenientes aos competidores.

"A bola do tênis de mesa tem uma sensibilidade muito grande aos fluxos de ar que afeta o desempenho dos atletas", explicou Nascimento.

Leia: Ricardo Leyser, exonerado terça-feira, volta à Secretaria de Alto Rendimento

Por sua parte, o presidente da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF),Thomas Weikert, demonstrou surpresa pela mudança de cor do piso de campo de jogo, que para as Olimpíadas de 2016 será de verde, uma das três cores que fazem parte da paleta estética desta edição, junto com o azul e o amarelo.

Geralmente o piso das pistas de tênis de mesa é vermelho ou azul, como nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012, mas Weikert não considera que isto chegue a representar "um grande desafio".

Leia: "Brasil vai oferecer excelente padrão de segurança", diz ministro da Justiça

Além disso, acrescentou que "a primeira impressão é que estão fazendo tudo bem, tecnicamente está tudo bem, portanto as Olimpíadas podem vir. Estamos preparados".

Já os atletas parecem não ter queixas com as instalações, como resumiu o mesa-tenista Fabio Bucci: "A infraestrutura é muito boa, o piso é muito bom, a bola é boa, a mesa é boa, a organização... Tudo perfeito até o momento. Se as Olimpíadas forem assim, vai ser ótimo".

Esta avaliação tão positiva coincide com a finalização também durante o dia de hoje da Arena do Futuro, no Parque Olímpico; do Circuito de Canoagem Slalom, no Complexo de Deodoro; e do Campo de Golfe, que registraram hoje a conclusão dos serviços de responsabilidade municipal.

Além disso, a prefeitura indicou que as gestões nas pistas de mountain bike e de BMX, também localizadas em Deodoro, foram concluídas há pouco tempo, da mesma forma que o Centro Internacional de Radiodifusão (IBC, na sigla em inglês), mostradas ao Comitê Rio 2016 no início deste mês.

Outras instalações serão finalizadas também em pouco tempo, como as três Arenas Cariocas (cerca de 95% concluídas), o Estado Aquático (96%) e a Vila Olímpica (97%).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.