Tamanho do texto

Atleta da luta greco-romana perdeu uniformes que utilizou no Pan, onde conquistou bronze, além de dinheiro e computador

Albino conquistou medalha de bronze no Pan
Divulgação
Albino conquistou medalha de bronze no Pan

Ex-guardador de carros e com um histórico de grandes dificuldades na vida, o atleta Davi Albino, da luta greco-romana, teve sua casa, no bairro de São Francisco Xavier, ao lado do Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, roubada em um assalto.

O atleta, que conquistou o bronze nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, perdeu televisão, computador, roupas, dinheiro e seu material de treino roubados. O ex-morador do bairro de Capão Redondo, na zona sul da capital paulista, acusa um pedreiro chamado de Alan, conhecido como Paraíba, de ser o autor do crime, depois de dispensar seus serviços. O atleta, que viajou para São Paulo, foi comunicado do assalto pelo amigo e atleta Paulo Rubens, que mora na mesma casa.

Leia mais: Do Capão Redondo para o Pan: ex-guardador de carro busca pódio inédito na luta

Como viajou a São Paulo para ser entrevistado para uma matéria jornalística, levou a medalha consigo e pelo menos não a perdeu.

Davi viaja no próximo dia 30 para disputar o Mundial de luta olímpica em Las Vegas, nos Estados Unidos, que começa em setembro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.