Tamanho do texto

Sul-coreano Wonwoo Cho participou de evento-teste para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, no último domingo

O windsurfista sul-coreano Wonwoo Cho
Leo Correa/AP
O windsurfista sul-coreano Wonwoo Cho


O sul-coreano Wonwoo Cho, atleta de windsurfe que participou no último domingo de evento-teste para os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, foi internado com quadro de desidratação, vômito, dores de cabeça e tontura. Ele caiu na água da Baía de Guanabara, que receberá as regatas olímpica de vela daqui a menos de um ano.

Leia mais: Vela na baía: britânicos recorrem a probióticos, enxague bucal e Coca-Cola

Cho, de 20 anos, ficou 24 horas no hospital e disse à agência Associated Press não saber o exato motivo pelo qual se sentiu mal. O técnico do windsurfista, porém, arriscou um palpite. "Provavelmente, foi a água", disse Danny Ok, que reclamou do cheiro ruim da água no local. "Especialmente na baía, é terrível. Não consigo imaginar como eles competem neste lugar", completou.

Leia: Rio 2016: contaminação das águas ameaça a saúde dos atletas, diz estudo

A poluição na Baía de Guanabara é o principal alvo de reclamação de competidores estrangeiros em relação aos Jogos Olímpicos. Havia uma promessa da Prefeitura do Rio de Janeiro, de quase zerar a emissão de poluentes para a água, que não será cumprida. O risco à saúde dos atletas tem gerado preocupação.

"Parece que Cho foi infectado por algum vírus em algum lugar que supostamente deveria ser seguro e limpo como palco de Olimpíadas. Mais de dez anos de trabalho pode ser destruído em um dia", reclamou o técnico do sul-coreano.

Os estrangeiros têm ficado atento às condições da Baía durante o evento-teste da vela, que termina neste sábado. O site "Scuttbutt Sailing News", dos Estados Unidos, publicou um vídeo em sua página no Facebook, em que um líquido marrom é despejado na água. Confira abaixo.

Aquece Rio – International Sailing Regatta

On the second day of the Olympic test regatta in Rio (Aug. 16), there appears to be sewage coming out this morning next to the launching ramp in Marina da Gloria. Local authorities pulled an oil boom around outflow to contain the light brown color surface water.

Posted by Scuttlebutt Sailing News on Domingo, 16 de agosto de 2015


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.