Tamanho do texto

Com a vitória, Javier Gómez Noya e Gwen Jorgensen conquistam uma vaga para as Olimpíadas. Pamella Oliveira foi a melhor atleta brasileira, com o 15° lugar no feminino

EFE

O espanhol Javier Gómez Noya, entre os homens, e a americana Gwen Jorgensen, no feminino, venceram neste domingo a etapa do Rio de Janeiro do Circuito Mundial de Triatlo, que serviu de evento-teste para a realização dos Jogos Olímpicos na capital fluminense no ano que vem.

Além de servir para colocar à prova as instalações e organização do Rio para os Jogos, a disputa dava uma vaga na competição de agosto de 2016 aos três primeiros colocados.

Entre os homens, Gómez Noya fechou o percurso em 1h48min26s e obteve uma revanche contra o francês Vicent Luis, que o superou em Hamburgo há menos de duas semanas, mas desta vez teve que se contentar com o segundo lugar. O sul-africano Richard Murray completou o pódio, em terceiro, enquanto o Danilo Pimentel foi o melhor brasileiro, fechando a prova 3min21s que o vencedor e ficou com a 32ª posição.

Na disputa feminina, a vencedora foi Jorgensen, que fechou o 1,5 km de natação, os 41,6 km de ciclismo e os 10 km de corrida em 1h58min46s. As britânicas Non Stanford e Vicky Holland foram segunda e terceira colocadas, respectivamente, e Pamella Oliveira, em 15º, foi a brasileira mais bem colocada.

Noya, de costas, é cumprimentado pelo sul-africano Richard Murray, terceiro colocado, e pelo francês Vicent Luis, que ficou em segundo
EFE/Antonio Lacerda
Noya, de costas, é cumprimentado pelo sul-africano Richard Murray, terceiro colocado, e pelo francês Vicent Luis, que ficou em segundo


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.