Mais Esportes

enhanced by Google
 

Presidente do COB tentará reinserir Star nos Jogos do Rio 2016

Exclusão da classe do programa olímpico foi criticada por Torben Grael, grande campeão da modalidade

Gazeta | 10/05/2011 11:41

Compartilhar:

Após a exclusão da classe Star da vela dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, na última semana, o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) se manifestou alegando que tentará reverter a situação para que a categoria seja disputada em águas brasileiras. Segundo o COB, o próprio presidente da entidade e do Comitê Organizador Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, tentará convencer a Isaf (Federação Internacional de Vela).

"Trata-se de uma questão interna, técnica e política, da Federação Internacional de Vela. Carlos Arthur Nuzman continuará a se empenhar pessoalmente junto à Federação Internacional de Vela pela manutenção da classe Star no programa dos Jogos Olímpicos Rio 2016", declarou o COB, por meio de sua assessoria de imprensa.

Com a exclusão da classe, Torben Grael, um dos mais longínquos e vencedores dos velejadores brasileiros na atualidade, disse na última segunda-feira que projeta o fim de sua carreira nas Olimpíadas de Londres, em 2012.

Foto: Getty Images

Caso a Star não esteja no programa do Rio 2016, Torben Grael anunciou que se aposenta após Londres 2012

Já Robert Scheidt, bicampeão olímpico na classe Laser, lamentou a decisão e frisou que é uma questão unicamente política, mas ressaltou que a possibilidade de manutenção da categoria nos Jogos do Rio 2016 só depende do Comitê Organizador.

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo