Tamanho do texto

Rafael Piccoli sumiu ao tentar um tubo e foi encontrado em praia vizinha de Puerto Escondido. Amigos farão homenagem ao surfista no sábado (18)

bodyboarder rafael piccoli
Reprodução
Bodyboarder morreu no México enquanto surfava uma onda de três metros

O surfe brasileiro perdeu mais um de seus talentos. O bodyboarder Rafael Piccoli faleceu nesta terça-feira (14) enquanto surfava na praia de Puerto Escondido, no México.

Leia também:  Discussão entre surfistas na praia termina com assassinato a facadas

A informação sobre a morte do bodyboarder foi postada pelo surfista Kalani Lattanzi nesta quarta-feira (15) em sua conta oficial do Instagram.

Informações locais dizem que Rafael estava surfando uma onda de três metros, ‘dropou’ para a esquerda tentando pegar um tubo, mas a onda o fechou. Amigos revelam que essa foi a última onda do bodyboarder.

A causa da morte de Rafael ainda não foi confirmada, mas especula-se que o atleta tenha sofrido alguma lesão no pescoço no momento em que chocou com o fundo de areia. Seu corpo foi encontrado na praia de Marinero, ao lado de Puerto Escondido.

Leia também:  Brasileiras dominam indicações de principal prêmio de ondas gigantes

Natural de Florianópolis, o bodyboarder era atleta da Federação Catarinense de Bodyboard e técnico em saneamento da Casan. Alguns sites especializados em surfe afirmam que Rafael receberá uma homenagem dos amigos no próximo sábado (18) ainda sem local ou horário definidos.

    Leia tudo sobre: Surfe