Tamanho do texto

Catarinense venceu Filipinho Toledo nas semis mas perdeu na final para o local Kanoa Igarashi; Tomas Hermes subiu 33 posições no ranking do QS

Kanoa Igarashi e Tomas Hermes no pódio em Huntington Beach
WSL/ Kenneth Morris
Kanoa Igarashi e Tomas Hermes no pódio em Huntington Beach

O norte-americano Kanoa Igarashi festejou o título do Vans US Open com a torcida que lotou a praia de Huntington Beach, na Califórnia . O campeão impediu outra vitória brasileira e logo na primeira onda da final contra Tomas Hermes, o surfista de 19 anos arrancou a maior nota da competição, 9.63. Assim, anotou 10 mil pontos no ranking da divisão de acesso à elite do surfe.

LEIA TAMBÉM: Saiba tudo sobre o surfe e estilo de vida do esporte

Filipe Toledo era o detentor do título, mas perdeu na semi para Tomas Hermes. A última vitória dos Estados Unidos neste campeonato tinha sido em 2011 com Kelly Slater. Enquanto Kanoa subiu 66 posições e agora é o terceiro colocado no ranking do Qualifying Series, o brasileiro Hermes agora ocupa a quarta posição. O topo do ranking do QS ainda é ocupado pelo guarujaense Jessé Mendes, quem já garantiu sua vaga na elite do surfe por antecipação.

Willian Cardoso e Yago Dora, que ocupavam a segunda e terceira colocação respectivamente, agora são os sexto e sétimo colocado. A segunda colocação agora é ocupada pelo sul-africano Michael February.

Tomas Hermes agora é o quarto colocado do ranking da divisão de acesso à elite do surfe
WSL/ Sean Rowland
Tomas Hermes agora é o quarto colocado do ranking da divisão de acesso à elite do surfe

"Estou muito feliz em estar aqui no pódio com essa multidão incrível que lotou a praia, junto com a minha família me apoiando todos os dias e a Vans, que faz o evento e me patrocina”, disse Tomas Hermes . “O ano passado foi realmente difícil para mim, por causa de uma contusão no tornozelo, mas já estou bem e muito feliz pelo resultado aqui. Eu não tenho brigado por vaga no CT nos dois últimos anos, mas agora estou melhor do que nunca. Eu estou pronto para competir, pronto para a vida e pronto para tudo”, finalizou o catarinense.

LEIA TAMBÉM: Surfista abandona reality show após ser atacada nua por mosquitos

“Este lugar é muito especial para mim, foi onde aprendi a surfar e é muito bom estar aqui com minha família e amigos. Este campeonato significa muito na minha vida. Foi o primeiro que fiquei sentado na praia assistindo caras como Kalani Robb e tantos outros. Eu só queria estar perto deles e ganhar agora o US Open com essa multidão aqui, é certamente um dia que jamais vou esquecer”, disse o campeão Igarashi.

Atual ranking QS 2017:

1º Jessé Mendes (BRA): 22.700 pontos
2º Micheal February (AFS): 14.750 pontos
3º Kanoa Igarashi (EUA): 13.310 pontos
4º Tomas Hermes (BRA): 13.010 pontos
5º Griffin Colapinto (EUA): 12.380 pontos
6º Willian Cardoso (BRA): 12.300 pontos
7º Yago Dora (BRA): 12.110 pontos
8º Hiroto Ohhara (JAP): 11.530 pontos
9º Ricardo Christie (NZL): 10.550 pontos
10º Patrick Gudauskas (EUA): 10.300 pontos

LEIA TAMBÉM: Surfista californiano congela a barba em onda a quase zero grau; confira

O próximo evento 10 estrelas do QS acontecerá em 26 de setembro, em Cascais, Portugal. A praia de Maresias, no litoral norte paulista, recebe o Hang Loose Pro, em 31 de novembro e pontuará 6 mil pontos no ranking da divisão de acesso à elite do surfe.

    Leia tudo sobre: surfe