Tamanho do texto

Promessa do surfe havaiano e mundial levou a melhor e venceu sua primeira etapa do Big Wave Tour, o circuito de ondas gigantes

Kai Lenny comemora vitória do Puerto Escondido Challenge
WSL/ Vilella
Kai Lenny comemora vitória do Puerto Escondido Challenge

Aos 24 anos de idade, Kai Lenny subiu no lugar mais alto do pódio do Puerto Escondido Challenge, etapa do Big Wave Tour no México . Com ondas de 20 a 25 pés, o havaiano levou a melhor e mostrou porque é considerados um dos maiores nomes do surfe mundial. Na grande decisão o jovem arrancou um 8.60 e vitou o placar em cima do australiano Jamie Mitchell.

LEIA TAMBÉM: Surfista congela a barba em onda a quase zero grau; confira

"Eu me lembro de ter vindo pra cá no ano passado e estava super assustado porque eu nunca tinha estado antes", disse Kai Lenny . "Meu objetivo no ano passado era fazer final porque eu tinha perdido na última vez. Há tantos surfistas bons de ondas grandes no mundo e, quando você é chamado você sente que precisa mostrar performance e se cobra. Meu objetivo hoje era não dar para trás, não importava o que. Foi um prazer competir com esses caras. Qualquer um poderia ganhar se tivessem as ondas certas e eu só estava grato por ter conseguido uma no final. Foi tão especial. Obrigado aos meus amigos, familiares e patrocinadores. Estou muito grato agora!"

"Eu não estou acreditando", continuou o jovem surfista . "Estou muito animado. Isso foi incrível. Eu sabia que precisava de uma boa pontuação porque Jamie tinha conseguido uma. Era difícil conseguir ondas lá fora, mas o que eu mais estava esperando chegou. Todos estavam um pouco longe. Eu sabia que era isso. Eu fiz uma curva lenta e eu sabia que conseguiria pegar a onda".

LEIA TAMBÉM: Três jovens promessas do surfe brasileiro para ficar de olho em 2017

Big Wave Tour

Puerto Escondido Challenge 2017
WSL/ Heff
Puerto Escondido Challenge 2017

O brasileiro Pedro Calado, que foi finalista no ano passado, neste não passou da estreia. O carioca até chegou a pegar um bom tubo , mas caiu antes de sair, dificultando a pontuação. As condições do mar também não o favoreceram para pegar outra onda e garantir a classificação.

LEIA TAMBÉM: Italiano pega uma das maiores ondas do mundo em Portugal; assista

O terceiro lugar do pódio ficou para o britânico Tom Lowe, seguido do havaiano Billy Kemper e Alex Botelho, de Portugal. Esta foi a primeira vitória de Kai Lenny em uma etapa do Big Wave Tour . Depois do México, o circuito mundial de ondas gigantes ainda desembarca em Portugal, nas temidas ondas de Nazaré e depois em Maui, no Havaí. Ambas janelas de competição vão do dia 15 de outubro a 31 de dezembro.

    Leia tudo sobre: surfe

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.