Tamanho do texto

Brasileiros Mineirinho e Miguel Pupo não se deram bem e foram eliminados. Havaiano, se for à final, sagra-se campeão mundial pela primeira vez

John John está muito próximo do título mundial de surfe
Divulgação/WSL/Poullenot
John John está muito próximo do título mundial de surfe

Após muitos adiamentos, finalmente a etapa de Peniche, em Portugal, do Circuito Mundial de Surfe, voltou – e não foi tão boa para os brasileiros. Adriano de Souza, o Mineirinho, acabou eliminado pelo norte-americano Kolohe Andino e John John Florence, do Havaí, principal postulante ao título, venceu Julian Wilson e avançou às semifinais. O outro brasileiro nas quartas, Miguel Pupo foi eliminado por Conner Coffin. O último classificado à semifinal foi o sul-africano Jordy Smith, que venceu Sebastian Zietz.

LEIA MAIS:  A importância de equipamentos de segurança na prática de esportes radicais

Na bateria que abriu o dia na praia de Supertubos, Mineirinho não conseguiu mostrar o melhor do seu surfe e finalizou apenas três manobras, somando 8.10 pontos (5 + 3.10), enquanto Kolohe Andino somou 17.34 pontos (7.67 + 9.67), além de descartar seis notas, Adriano descartou apenas uma. Mesmo com a queda, o brasileiro deve ganhar posições no ranking geral – atualmente ele está em décimo. Se ele passasse, iria enfrentar John John .

LEIA MAIS:  Temporada regular da NBA 2016/2017 começa nesta terça-feira

Já o atual líder do ranking, John John Florence, não decepcionou e eliminou Julian Wilson, atual sexto colocado. O havaiano já começou forte e mostrou porque lidera o Circuito. No total, somou 16.90 pontos (9.30 + 7.60) e ainda descartou outras três notas, contra 13.57 pontos (6.67 + 6.90), que descartou duas notas.

Na terceira bateria, Miguel Pupo lutou até o fim, mas não resistiu e foi eliminado por Conner Coffin, dos Estados Unidos. Ele começou na frente com uma nota 4.17, mas no fim somou apenas 5.94 pontos (4.17 + 1.77) e descartou outras cinco notas, enquanto o norte-americano fez 12.66 pontos (5.83 + 6.83).

LEIA MAIS:  Olimpíada Rio 2016 foi o evento esportivo mais conectado de todos os tempos

Na última bateria das quartas, Jordy Smith, da África do Sul, e Sebastian Zietz, do Havaí, travaram uma batalha incrível. Com boas ondas, o havaiano saiu na frente e, em um ótimo tubo, ganhou 9.23 de nota e na sequência fez 4.33 pontos, chegando aos 13.56, com quatro notas descartadas. Mas faltando 15 minutos para terminar, Smith reagiu e fez uma boa onda para 7.40, em seguida, conseguiu um lindo tudo para receber o primeiro 10 da competição. Assumiu a ponta com 17.40 pontos e não saiu mais.

SEMIFINAIS

Na primeira semifinal, o norte-americano Kolohe Andino irá enfrentar John John Florence, que, se passar, será campeão mundial de surfe. Na outra, Conner Coffin duela contra Jordy Smith, que precisa vencer e torcer por eliminação de Florence para seguir com chances de título. A chamada para as semifinais deve acontecer nesta terça-feira, às 8h, horário local, e 5h. horário de Brasília.

    Leia tudo sobre: surfe
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.