Tamanho do texto

Australiano tricampeão mundial de surfe venceu o havaiano John John Florence na decisão e conseguiu sua primeira vitória na temporada 2016

Mick Fanning venceu John John Florence  na final em Jeffreys Bay
WSL /Kirstin
Mick Fanning venceu John John Florence na final em Jeffreys Bay

Um ano depois de viver um grande trauma, o australiano Mick Fanning pôde comemorar neste sábado sua primeira vitória no Circuito Mundial de Surfe em 2016. Se em 2015 o atleta foi atacado por um tubarão na final da etapa da África do Sul, desta vez aproveitou o mesmo palco de Jeffreys Bay para superar aquela experiência e triunfar nas águas sul-africanas.

LEIA MAIS:  Cheerleader: sucesso nos EUA, prática engatinha no Brasil

Em 2015, Fanning precisou mostrar agilidade para fugir de um assustador ataque de tubarão em Jeffreys Bay. Mas nesse ano, ele exibiu a já conhecida qualidade com a prancha nos pés. Neste sábado, passou com certa facilidade pelas quartas de final e semifinais, até derrotar o havaiano John John Florence na decisão.

Fanning comemora vitória em Jeffreys Bay
WSL /Pierre Tostee
Fanning comemora vitória em Jeffreys Bay

Com o resultado, Fanning subiu 11 colocações no Circuito e ocupa agora a quinta, mesmo em um ano diferente para ele. O veterano de 35 anos se afastou da disputa em 2016 e participou de somente quatro das seis etapas realizadas até o momento.

Apesar da derrota para o australiano na final, John John Florence também subiu na classificação e assumiu a vice-liderança, ultrapassando o brasileiro Gabriel Medina, agora terceiro, pouco à frente do também brasileiro Adriano Souza, o Mineirinho. A liderança segue com o australiano Matt Wilkinson.

LEIA MAIS:  Paraquedas: conheça cinco cidades brasileiras ideais para saltar

Após cinco dias seguidos de adiamentos à espera de melhores ondas, a etapa de Jeffreys Bay do Circuito Mundial foi retomada neste sábado para a disputa de seu último dia com dois brasileiros na briga pelo título. Mas já nas quartas de final, tanto Gabriel Medina quanto Filipe Toledo ficaram pelo caminho. Medina perdeu para o australiano Julian Wilson, enquanto Filipinho caiu justamente para Fanning. Nas outras baterias, o também australiano Josh Kerr bateu o veterano norte-americano Kelly Slater, enquanto Florence eliminou o dono da casa Jordy Smith.

John John Florence perdeu para Fanning
WSL /Kirstin
John John Florence perdeu para Fanning

Nas semifinais, Florence passou com facilidade por Kerr, mas as atenções estavam voltadas para a outra bateria. Fanning enfrentaria Wilson, justamente seu adversário naquele fatídico 19 de julho de 2015, quando foi atacado pelo tubarão durante a final. Desta vez, no entanto, o surfista pôde mostrar sua qualidade e levou a melhor.

Na final, Fanning foi mais consistente que Florence. O australiano largou atrás, mas emendou duas boas ondas na reta final para somar as notas 9,93 e 7,77. Florence precisava de 9 08 para vencer, mas conseguiria somente 8,63, deixando o título com o rival.

*Informações de Estadão Conteúdo