Tamanho do texto

Ídolo do rugby australiano foi bastante criticado após comentário homofóbico; Israel Folau afirmou que os gays irão para o inferno

Israel Folau, jogador da seleção de rugby da Austrália
Reprodução
Israel Folau, jogador da seleção de rugby da Austrália

Um dos maiores nomes da atualidade do rugby causou polêmica na internet. Israel Folau, jogador da seleção australiana, fez um comentário homofóbico em suas redes sociais e foi bastante criticado. Além disso, o atleta de 29 anos de idade corre o risco de sofrer consequências dentro da equipe nacional.

Leia também: Saiba como está o jogador que ficou paraplégico depois de perder uma aposta

Em uma publicação no Instagram, um torcedor questionou o jogador : "Qual é o plano de Deus para os gays?". "Inferno. Ao menos que eles se arrependam de seus pecados e se voltem para Deus", respondeu Israel Folau, que deletou a mensagem algumas horas depois.

Leia também: Jogador é suspenso por 10 anos após agressão em árbitro; assista o vídeo

No entanto, apesar de já deletada, a resposta foi divulgada em diversas redes e chegou até a Federação do Rugby Australiano. "O comentário de Israel reflete suas crenças religiosas, no entanto, não representa a visão do Rugby da Austrália", disse a chefe-executiva Raelene Castle. "Nós alinhamos a nossa opinião de que o rugby é um esporte para todos, independentemente de sexualidade, raça, religião ou gênero, o que é claramente articulado na inclusão do rugby".

O CEO da entidade, Andrew Hore, já afirmou que irá se encontrar com o atleta para que conversem sobre o uso das redes sociais. Além disso, o principal patrocinador da Seleção de Rugby da Austrália , afirmou que os comentários foram "bastante desapontadores". Vale ressaltar ainda, que o CEO da Qantas, Alan Joyce, chegou a receber um prêmio por sua campanha vocal a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Leia também: Jogadoras de equipe de rugby ficam nuas em calendário para arrecadar dinheiro

Casamento gay na Austrália


Esta não foi a primeira vez que Israel Folau fez algum tipo de comentário ofensivo a homossexuais. Enquanto a Austrália aprovou em dezembro de 2017 a lei que legaliza o casamento gay no país, o atleta se mostrou contra a decisão. "Eu amo e respeito todas as pessoas pelo o que são e suas opiniões. Mas eu, pessoalmente, não irei apoiar o casamento gay", escreveu o jogador em seu Twitter.

    Leia tudo sobre: gay
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas