Tamanho do texto

Auditoria interna apontou ao menos 15 irregularidades na gestão do dirigente, entre elas falsidade ideológica

Presidente da CBTKD (Confederação Brasileira de Taekwondo), o sul-coreano Jung Roul Kim foi destituído do cargo na tarde desta segunda-feira, em decisão tomada em assembleia realizada pela entidade no Rio de Janeiro.

Ao menos 15 irregularidades foram apontadas na gestão do dirigente em uma auditoria interna recentemente realizada, entre elas falsidade ideológica. Kim já estava afastado do cargo desde 28 de setembro e tentou na Justiça, sem sucesso, o adiamento do encontro.

O CBTKD agora será administrada pelo vice do sul-coreano, Carlos Fernandes, que vai cumprir o mandato até o fim, em 2013.

"Minha luta é para reformular a confederação. Quero pedir paciência para isso, pois não vamos resolver os problemas da noite para o dia. Uma das minhas profissões foi ser mágico, mas tem muita coisa que a mágica não resolve", brincou Fernandes, em entrevista ao jornal "Lance". Ele ainda classificou a segunda-feira de "um dia histórico" para a modalidade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.