Mais Esportes

enhanced by Google
 

Thiago Pereira vence 200m peito e obtém índice mundial

Nadador registrou o tempo de 2min10s79 e se garante no Mundial dos Esportes Aquáticos, que será disputado em julho, em Xangai

AE | 03/05/2011 15:24

Compartilhar:

selo

Foto: Satiro Sodré/Divulgação CBDA Ampliar

Na disputa final dos 200m peito, Thiago Pereira completou a prova em 2min10s79

O brasileiro Thiago Pereira venceu os 200m peito no Troféu Maria Lenk, nesta terça-feira, e garantiu mais um índice para o Mundial dos Esportes Aquáticos, que será disputado em julho, em Xangai, na China.

Pereira registrou o tempo de 2min10s79 e superou os 2min15s50 das eliminatórias, na segunda. "Estou feliz porque foi o melhor tempo desde a época dos trajes. Não estou no auge da forma, mas ainda vou esperar a semana acontecer para pensar no Mundial. Já atingi dois índices", comemorou.

Também alcançaram o índice os nadadores Henrique Barbosa, que obteve sua melhor marca nas eliminatórias, e Tales Cerdeira, com o terceiro tempo. No entanto, cada país só poderá inscrever dois atletas por prova no Mundial. Desta forma, Cerdeira só ganhará uma das vagas se Pereira desistir da disputa, possibilidade que não está descartada.

"Já tenho o índice em quatro provas, mas não devo nadar todas elas. Vou esperar passar o Maria Lenk para analisar o programa e pensar em Xangai", avisou o atleta, que já tem índice para competir no 200 metros costas e nos 200m e 400m medley.

O índice nos 200m costas, obtido nas eliminatórias, foi coroado com a medalha de ouro nesta terça. Após registrar 1min58s07 na segunda-feira, Pereira marcou 1min58s25 e chegou na frente de Leonardo de Deus (1min59s75) e Leonardo Fim (1min59s99), ambos sem índice.

Mais cedo, Luiz Arapiraca bateu o recorde sul-americano dos 1500 metros livre, ao marcar 15min12s69. Ele faturou a medalha de prata, enquanto o tunisiano Oussama Mellouli fico com o ouro, com o tempo de 15min08s22. "Desde janeiro estou treinando sem parar. Esse ano fiz treinos que nunca fiz antes. Foi por pouco o índice, mas fiquei bastante animado. Já estou pensando em Londres", afirmou o nadador.

Depois de vencer sua série nos 50m livre, Cesar Cielo voltou à piscina no final desta manhã e obteve o melhor tempo do ano na distância, na abertura do revezamento 4x50m livre. Ele marcou 21s73, abaixo dos 22s32 registrados nas eliminatórias do 50m livre, e superou o francês Fred Bousquet, que ostentava 21s82 em 2011. O tempo de Cielo, contudo, ainda não foi homologado pela Federação Internacional.

Ao fim da prova, Cielo revelou que teve problemas com o bloco de partida. Havia um parafuso solto, o que atrasou o início da disputa. "Foi bom. No final ainda pesou um pouco, mas vi que ainda tenho uma janela, dá para melhorar. Tirando o momento pré-prova, com o bloco quebrado, a adversidade da espera, que quebra a zona de concentração máxima, a prova foi muito boa", aprovou o velocista.

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo