Mais Esportes

enhanced by Google
 

Natação brasileira garante mais 2 vagas no Mundial

Thiago Pereira e Henrique Barbosa se juntaram aos outros onze atletas que já tinham tempo para o campeonato na China

AE | 02/05/2011 21:22

Compartilhar:

selo

A natação brasileira garantiu nesta segunda-feira, durante a abertura do Troféu Maria Lenk, no Rio, mais duas vagas no Mundial de Esportes Aquáticos, que acontecerá em julho, em Xangai. Thiago Pereira conseguiu índice nos 200 metros costas, enquanto Henrique Barbosa fez o mesmo nos 200 metros peito. Assim, o Brasil já tem 13 nadadores classificados para o campeonato na China.

Thiago Pereira já tinha índice para disputar os 200 e 400 metros medley no Mundial de Xangai. E se classificou também para os 200 metros costas, ao bater o recorde brasileiro durante as eliminatórias da prova no Troféu Maria Lenk. Ele fez o tempo de 1min58s07 nesta segunda-feira, superando a sua própria marca (1min58s36) e garantindo presença na final desta terça.

"Fiquei muito animado com o recorde. Forcei um pouco mais que nos 200 metros peito (fez o quinto tempo nas eliminatórias). Estou numa grande expectativa para a final porque essa é a primeira vez que estou competindo pelo Corinthians. Espero uma boa competição e ajudar a clube a ficar entre os seis primeiros. Foi um começo animador", afirmou Thiago Pereira.

Henrique Barbosa, por sua vez, conseguiu seu índice durante as eliminatórias dos 200 metros peito, ao fazer o tempo de 2min11s25, que o colocou na final da prova no Troféu Maria Lenk, marcada para a manhã desta terça, e no Mundial de Xangai. "É sempre bom garantir o índice assim, logo de primeira", comemorou o nadador, que defende a equipe do Flamengo.

Companheiro de Henrique Barbosa no Flamengo, Cesar Cielo também caiu na piscina na abertura do Troféu Maria Lenk. Sem forçar o ritmo, ele fez o segundo melhor tempo nas eliminatórias dos 50 metros livre (22s25), ficando atrás apenas de Bruno Fratus (22s08). Assim, garantiu presença nas semifinais da prova, que acontecem na manhã desta terça-feira.

"Está bom por ser a primeira prova, só para entrar na competição, como se fosse um treino de segunda-feira. Não forcei, mas vou melhorar na semifinal e na final", disse Cesar Cielo, que já está garantido para a disputa dos 50 metros livre, 100 metros livre e 50 metros borboleta no Mundial. Ele, porém, não promete grandes marcas no Troféu Maria Lenk. "Rápido mesmo, só no Mundial."

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo