Mais Esportes

enhanced by Google
 

Nadadora Fabíola Molina pega seis meses de suspensão por doping

Veterana, que já havia sido punida com dois meses de suspensão pela CBDA, teve a pena ampliada em julgamento na Corte Arbitral

iG São Paulo | 19/01/2012 13:25

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Foto: Gaspar Nóbrega/Inovafoto/COB Ampliar

Fabiola Molina terá apenas mais duas chances de fazer índice para as Olimpíadas de Londres

O caminho até a Olimpíada de Londres para a nadadora Fabíola Molina ficou mais complicado. A veterana, que já disputou os Jogos de Sydney 2000 e de Pequim 2008, pegou seis meses de suspesão por doping após julgamento na CAS (Corte Arbitral do Esporte).

Relembre o caso: Fabíola Molina é pega no doping e está fora do Mundial de natação

Fabíola testou positivo para substância Metilhexanamina, um estimulante, durante a seletiva para o Campeonato Mundial. Ela recebeu dois meses de suspensão pela CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos) a contar de 8 de maio, quando nadou no Troféu Maria Lenk.

Entretanto, o caso foi levado a julgamento na CAS, que deu seis meses de suspensão à atleta a partir de 20 de dezembro. Como ela já havia cumprido os dois meses pela pena recebida no Brasil, terá que ficar mais quatro meses afastada das piscinas, sendo liberada para competir apenas no dia 20 abril.

Fabíola Molina já tinha conseguido índice para os Jogos Olimpícos de Londres, mas teve a marca cancelada com a primeira punição. Agora, com o aumento da pena, perderá mais uma seletiva, o Sul-Americano, que acontecerá em Belém, em março. A nadadora de 36 anos terá apenas o Troféu Maria Lenk, no Rio de Janeiro, a partir de 24 de abril, logo depois de sua suspensão, e a Tentativa Olímpica, em maio, também no Rio, para conseguir a chance de disputar mais uma Olimpíada.

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo