Mais Esportes

enhanced by Google
 

Medalhista olímpico chama pena branda de "desserviço à natação"

Pelo Twitter, sul-africano Roland Schoeman diz que advertência em caso de doping por furosemida abre precedente perigoso no esporte

iG São Paulo | 21/07/2011 11:42

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

A advertência aplicada pela CAS (Corte Arbitral do Esporte) a Cesar Cielo no caso de doping por furosemida causou irritação em um dos rivais do brasileiro. O sul-africano Roland Schoeman, medalhista olímpico em Atenas 2004, não hesitou para criticar a decisão do Tribunal em manter a pena branda ao atleta em julgamento da última quarta-feira.

LEIA TAMBÉM: CAS mantém advertência, e Cielo está liberado para o Mundial

Schoeman, que conquistou as medalhas de ouro no revezamento 4x100m livre, prata nos 100m livre e bronze nos 50m livre na Grécia, afirmou que a decisão deverá colocar em risco o futuro da natação mundial. "A Fina (Federação Internacional de Natação) e a CAS prestaram um grande desserviço para o mundo da natação e abriram um perigoso precedente", afirmou o nadador de 31 anos, em seu perfil no Twitter.

O francês Alain Bernard, um dos principais adversários de Cielo na atualidade, já havia criticado a falta de rigor da CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos) pela sanção imposta a Cielo. Henrique Barbosa, Nicholas dos Santos e Vinicius Waked, também estão envolvidos.

"À primeira vista, a sanção da federação brasileira parece bem leve. Vamos esperar a posição da Federação Internacional sobre o caso. De qualquer forma, provavelmente se trata de uma má notícia para a natação mundial", afirmou Bernard, ainda no começo do mês.

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo