Mais Esportes

enhanced by Google
 

Felipe França usa Youtube para analisar rivais pelo ouro no Mundial

Em casa, ex-recordista mundial dos 50m acompanha na internet vídeos de seus principais rivais pelo ouro

Gazeta | 16/05/2011 22:04

Compartilhar:

No Campeonato Mundial de 2009, em Roma, o brasileiro Felipe França quebrou um jejum de 15 anos da natação brasileira ao conquistar a medalha de prata nos 50m peito. Para o Mundial de Xangai, em julho, o objetivo é a medalha de ouro e o nadador tem utilizado o Youtube para aumentar suas chances de conquistá-la.

Em casa, o ex-recordista mundial dos 50m acompanha na internet vídeos de seus principais rivais na briga pelo ouro, tentando analisar em que momento seus adversários diminuem o ritmo pelo cansaço e ele pode assumir a ponta da prova, que costuma durar aproximadamente 27 segundos.

"Analiso a prova dos outros nadadores, vejo vídeo no Youtube para pensar na tática. Claro que você não consegue ganhar a prova só com a tática, mas analiso cada um nadando para ver em que ponto eles cansam e eu posso forçar um pouco mais", afirmou França nesta terça-feira.

Apesar de assistir às provas dos adversários, o brasileiro garante que não pensa em seus principais rivais e mantém o foco apenas em uma rotina de treinos forte para conquistar o ouro. Além de França, o norte-americano Mark Gangloff, o canadense Scott Dickens, o japonês Kosuke Kitajima e o sul-africano Cameron van der Burgh, atual campeão mundial, são favoritos nos 50m peito.

"Tento pensar mais em mim, não gosto de pensar em ninguém. Acho que eu tenho que me manter focado em fazer uma boa prova e sabendo quando os outros cansam para tentar ganhar na final", explicou.

No Mundial de Xangai, França também nadará os 100m peito (prova olímpica) e treina duro para adquirir a resistência necessária para lutar pelo alto do pódio. "Tenho focado mais no 100m, treinando para ganhar resistência. Eu já sou rápido e ainda preciso melhorar nisso, para conseguir ir e voltar rápido. Mas eu já disse que amo a prova de 50m e vou continuar nadando ela".

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo