Mais Esportes

enhanced by Google
 

Felipe França exalta superação após ouro no Mundial

Brasileiro era um dos favoritos no 100m peito, mas ficou fora da final. Nesta quarta, ele foi ouro nos 50m na modalidade

AE | 27/07/2011 14:15

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

selo

O brasileiro Felipe França obteve o maior feito de sua carreira nesta quarta-feira. Com o tempo de 27s01 na final, o nadador conquistou a medalha de ouro no 50 metros peito no Mundial de Esportes Aquáticos, em Xangai. Com a vitória, ele superou a decepção na prova dos 100m do mesmo estilo, na qual era um dos favoritos. França foi mal nas eliminatórias e não conseguiu chegar à decisão. 

Depois da derrota, o brasileiro deu a volta por cima e se sagrou campeão mundial nos 50m, prova na qual foi medalha de prata no Mundial de Roma, em 2009. "Nós crescemos como pessoas. Soubemos reconhecer os erros que tivemos, eu e meu técnico (Arilson Silva), e conseguimos nos aperfeiçoar não apenas na natação, mas como seres humanos. Consegui superar a mim mesmo. Acho que por isso Deus fez com que eu passasse por esse processo de perda, para depois conseguir a vitória", declarou. 

Além de superar a si mesmo, França venceu o campeão da prova de 100m, o norueguês Alexander Dale Oen, e o sul-africano Cameron Van Der Burgh, campeão dos 50m em Roma e recordista mundial. 

Para Felipe França, a vitória foi fruto de muito estudo. "Só tenho a agradecer a Deus por essa conquista. Eu, o PC (biomecânico da CBDA, Paulo Marinho) e o Arilson analisamos e estudamos cada milímetro dessas provas e deu certo. Estou muito feliz", comemorou. 

<span>Felipe França conquista o ouro nos 50m peito no Mundial em Xangai</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>França já era dono de uma medalha de prata na prova do Mundial de Roma, em 2009</span> - <strong>Foto: AFP</strong> <strong>Publicidade</strong> <span>O brasileiro nadou a final dos 50m peito em Xangai na raia 5</span> - <strong>Foto: AFP</strong> <span>Felipe França chegou à decisão no Mundial com o segundo melhor tempo das semifinais</span> - <strong>Foto: AFP</strong> <span>Placar eletrônico do Oriental Sports Center mostra as raias da final dos 50m peito</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Brasileiro chegou a ficar para trás, mas se recuperou e conquistou o ouro</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Com o tempo de 27s01, França é o primeiro brasileiro campeão mundial nos 50m peito</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Soco na água para comemorar a vitória no Oriental Sports Center</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Essa é a primeira medalha de França neste Mundial. Ele nadou os 100m peito, mas não passou das semis</span> - <strong>Foto: Satiro Sodré/AGIF</strong> <span>Já na prova de 50m, Felipe ficou com o ouro, seguido pelo italiano Fabio Scozzoli e pelo sul-africano Cameron Van Der Burgh</span> - <strong>Foto: Satiro Sodré/AGIF</strong> <span>Com esta medalha, o Brasil já soma três ouros no Mundial de esportes aquáticos em Xangai</span> - <strong>Foto: Satiro Sodré/AGIF</strong>

Com a conquista, o nadador se tornou o terceiro brasileiro a subir no lugar mais alto do pódio nesta edição do Mundial - Cesar Cielo venceu a prova dos 50 metros borboleta e Ana Marcela, a maratona aquática de 25km

Assim, o Brasil alcançou o quarto lugar no quadro geral de medalhas no Mundial, com três de ouro. A China lidera com 13 de ouro e 29 no total. A Rússia soma 14, 7 delas de ouro, enquanto os Estados Unidos acumularam 5 de ouro, e 13 no total.

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo