Mais Esportes

enhanced by Google
 

Erro médico durante exame de doping tira russa do Mundial de Xangai

Anastasua Chaun, campeã europeia dos 200m livre, está com uma inflamação no braço por erro médico

Gazeta | 20/07/2011 11:15

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

A nadadora russa Anastasia Chaun, campeã europeia dos 200 metros livre no ano passado, anunciou nesta quarta feira que não disputará o Mundial de Xangai, na China, em função de um erro durante o exame antidoping da Rusada, agência antidoping russa, no início do mês.

Foi diagnosticada tromboflebite, uma inflamação localizada em uma veia de seu braço esquerdo depois do exame de sangue da Rusada. "Fiquei chocada quando me anunciaram o diagnótisco. Os médicos me recomendaram não treinar durante as próximas duas semanas, então não posso estar preparada até o começo do Mundial", declarou a nadadora.

Seu pai e treinador, Eduard Chaun, já ressaltou após o ocorrido que não deixará o caso sem entrar com um recurso contra a empresa russa, visto que "não foram tomadas as medidas higiênicas necessárias", segundo o técnico.

Veja as imagens do dia do Mundial de Xangai na galeria de fotos abaixo:

<span>Conjunto do Brasil no nado sincronizado foi para a final na rotina livre</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>As brasileiras somaram 85.770 pontos e passaram para a decisão com a 11ª colocação</span> - <strong>Foto: AP</strong> <strong>Publicidade</strong> <span>Essa será a segunda final da equipe brasileira. Na rotina técnica, elas terminaram em 12º lugar</span> - <strong>Foto: Reuters</strong> <span>Na rotina técnica do solo, Giovana Stephan somou 84.390 pontos e ficou com a 14ª colocação nas eliminatórias, fora da final</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Já as melhores da rotina técnica foram as mesmas que levaram as medalhas na final livre, a começar pela russa Natalia Ishchenko</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Ishchenko foi ouro na rotina livre e avançou em primeiro para a final na prova técnica</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Espanhola Andrea Fuentes vibra ao ver sua nota no placar. Ela foi prata na rotina livre e a segunda melhor no técnico</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Sun Wenyan, da China, completo o pódio no solo livre com o bronze e a lista da melhores para a final da rotina técnica</span> - <strong>Foto: AFP</strong> <span>Brasil também competiu no polo aquático nesta quarta. Seleção masculina encarou o Japão</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Equipe brasileira levou a virada e perdeu por 13 a 11. Time encerra a fase classificatória na sexta-feira, diante do Canadá</span> - <strong>Foto: Reuters</strong> <span>Na maratona aquática de 10km para homens, os 10 primeiros garantiram vaga olímpica aos seus países</span> - <strong>Foto: AFP</strong> <span>O vencedor foi o grego Spyros Gianniotis, que tenta se livrar da touca após a prova</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Vibração de Spyros Gianniotis após o ouro. Os braisleiros decepcionaram.Samuel De Bona e Allan do Carmo terminaram prova de 10km nas 45ª e 50ª colocações</span> - <strong>Foto: AP</strong>

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo