Mais Esportes

enhanced by Google
 

Com bicampeonato, Cielo iguala feito de estrelas da natação

A segunda medalha de ouro dos 50 metros livres elevou o total de medalhas de ouro do nadador em Mundiais para nove

iG São Paulo | 30/07/2011 11:45

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

César Cielo levou o bicampeonato dos 50 metros livre, neste sábado (30/7), no Mundial de Desportos Aquáticos de Xangai, China, na piscina do Centro Oriental de Esportes. O brasileiro levou sua nona medalha em Mundiais (nadando em piscina olímpica e também em piscina curta) e, com o bicampeonato nos 50m livre, igualou o feito do americano Tom Jagger (Madri/1986 e Perth/1991) e do russo Alexander Popov (Roma/1994 e Barcelona/2003). Cielo é dono também dos dois melhores tempos do ano na prova, com os 21s52 deste sábado e os 21s26 que havia obtido em junho, no Paris Open.

Foto: Divulgação Ampliar

Cesar Cielo brinca e puxa os olhos no pódio chinês

"Sou campeão olímpico e o atual campeão mundial, por isso fiquei extremamente feliz com o resultado. As duas medalhas de ouro e o quarto lugar (nos 100 m livre, com 48s01) são resultados melhores do que os que eu imaginava há duas semanas. Sinto-me mais forte agora", frisou Cielo.

"Os 50m livre eu nado dormindo, se precisar", brincou. "Então, é uma prova bem mais tranquila, um cenário bem mais relaxado. Mesmo assim, a adrenalina da final pega bem forte", disse, ao comparar com a decisão dos 50 m borboleta, em que teve uma comemoração explosiva. "A prova de 50m borboleta é mais tensa, não tenho experiência nela, nunca tinha nadado em campeonato internacional", observou.

"É a primeira vez que eu olho pra trás e tenho realmente orgulho do que eu consegui superar. É claro que tive orgulho da medalha olímpica e de outros mundiais, mas este foi um desafio muito grande. Me sinto um cara muito mais preparado, muito mais confiante, porque não foi fácil ficar atrás da baliza esta semana. Pessoalmente, eu queria muito vir para cá, disputando as três medalhas. Consegui duas de ouro e elas estão com um peso maior que todas as outras da minha coleção", afirmou.

O brasileiro fechará sua participação no Mundial integrando o revezamento 4x100 m medley do Brasil, que terá classificação na noite de sábado (30/7), a partir das 22 horas (horário de Brasília).

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo