Tamanho do texto

O Grand Slam conta potnos para o ranking mundial e olímpico, que vai definir os atletas classificados para os Jogos de 2012

Os lutadores brasileiros conquistaram duas medalhas neste sábado no Grand Slam de Tóquio, no Japão, a penúltima competição da atual temporada do circuito mundial de judô. No segundo dia de competições, Leandro Guilheiro (até 81kg) faturou a medalha de prata e Rafaela Silva (até 57kg) ganhou o bronze. 

Neste sábado, Leandro Guilheiro venceu na estreia o senegalês Baye Diawara, por ippon. Depois, derrotou o argentino Emmanuel Lucenti por yuko, e Sergiu Toma, da Moldávia, com um wazari. Na semifinal, o brasileiro bateu o japonês Keita Nagashima por ippon. Na decisão, porém, ele perdeu por ippon para o japonês Tomohiro Kawakami Com a prata, Leandro Guilheiro manteve a tradição de sempre conquistar medalhas no Grand Slam japonês, já que ele faturou o bronze em 2009 e 2010.

Veja também: Menino da Vila do judô quer antecipar título do Santos no Japão

Já Rafaela Silva estreou em Tóquio com vitória por ippon sobre a sul-coreana Hyo Ju Park. Depois, a brasileira superou a alemã Miryam Roper, também por ippon, e a francesa Sarah Loko por yuko. Nas semifinais, ela perdeu para a japonesa Kaori Matsumoto e precisou se contentar com a medalha de bronze. 

Outros três brasileiros competiram neste sábado em Tóquio. Bruno Mendonça (até 73kg) venceu na estreia o italiano Marco Maddaloni por wazari, mas depois foi derrotado pelo francês Ugo Legrand por yuko. Tiago Camilo (até 90kg) superou o ucraniano Valentyn Grekov por yuko na primeira luta, mas depois perdeu para o sul-coreano Dae-Nam Song. Hugo Pessanha (até 90 kg) foi eliminado na estreia ao perder para o russo Murat Gasiev.

Leia mais notícias sobre judô no iG Esporte

O Grand Slam de Tóquio conta pontos para o ranking mundial e olímpico da Federação Internacional de Judô, que definirá os atletas classificados para os Jogos de Londres, em 2012. A competição no Japão se encerra no domingo, quando o Brasil será representado por Mayra Aguiar (até 78kg), Leonardo Leite (até 100kg), Luciano Corrêa (até 100kg), Daniel Hernandes (mais de 100kg) e Rafael Silva (mais de 100kg).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.