Tamanho do texto

Fotos mostram festa dos atletas com as medalhas conquistadas, emoção do pódio e também alguns flagras, como mão que 'sobra' no rosto do rival ou um quimono quase perdido

Georgii Zantaraia, da Ucrânia, vibra com vitória e bronze na categoria até 66 kg
Ricardo Moraes/Reuters
Georgii Zantaraia, da Ucrânia, vibra com vitória e bronze na categoria até 66 kg

O ginásio Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, recebe o Campeonato Mundial de judô. Depois de quase uma semana de competição, o Brasil já soma medalhas, como o i nédito ouro de Rafaela Silvao bronze da campeã olímpica Sarah Menezes , logo no primeiro dia. Já Érika Miranda ficou com a prata  e mantém o domínio das mulheres no tatame. 

O torneio também já rendeu momentos interessantes da expressão dos atletas. Sarah Menezes, por exemplo, vibra na vitória enquanto sua adversária permanece apática. Além isso, o japonês Naohisa Takato chorou no tatame e no momento de receber a medalha de ouro na categoria até 60 kg. E a campeã Rafaela Silva agradeceu aos céus na semifinal, vibrou na decisão e abriu o sorriso com a medalha de ouro no pódio. 

Deixe seu recado e comente com outros leitores

Ainda já sobrou mão no rosto, quimono quase perdido e pernas para o ar. Veja imagens destes detalhes e mais na galeria: 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.