Mais Esportes

enhanced by Google
 

Doda Miranda estreia com vitória na Hípica de Aachen-ALE

Mesmo com a contusão do seu principal cavalo, o AD Ashleigh Drossel Dan, o brasileiro conseguiu boa marca

Gazeta | 12/07/2011 18:13

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

O medalhista olímpico Doda Miranda começou bem o primeiro dia de competições do concurso CSI5* Chio Aachen, disputado apenas por cavaleiros convidados e que acontece até domingo (17) na cidade alemã de Aachen. Em um percurso limpo, Doda foi campeão da principal prova desta terça-feira, no dorso de AD Norson. Com obstáculos até 1,50m, o conjunto fez um percurso limpo com o tempo espetacular de 69s92.

A vitória veio um dia depois de Doda receber a notícia de confirmação da contusão de seu principal cavalo, o AD Ashleigh Drossel Dan, com quem vinha saltando os GPs das principais competições e obtendo grandes resultados. O segundo lugar ficou com o irlandês Billy Twomey, com 70s14, seguido pela americana Laura Kraut, com o tempo de 70s93 centésimos.

" O Dan tinha caído um pouco de performance nas duas últimas competições e agora sabemos o motivo. Ele pode ficar de duas até quatro semanas parado para se recuperar da contusão" contou Doda.

O sonho de ser campeão do GCT ficou um pouco mais complicado sem o AD Ashleigh Drossel Dan para disputar as próximas etapas de Chantilly e Valkenswaard, mas Doda espera que o cavalo se recupere a tempo de disputar o OI Athina Onassis Horse Show, de 02 a 04 de setembro, e a final do GCT em Abu Dahbi.

O cavaleiro brasileiro, que ocupa a 7ª posição no ranking do GCT, recebeu o convite para saltar o Chio Aachen pela sua ótima fase na temporada. Além de liderar o Global Champions Tour durante quatro etapas, feito nunca alcançado por um brasileiro antes, Doda está no Top 15 do mundo - ele ocupa a 14ª colocação no Ranking da Federação Equestre Internacional, a melhor de todos os tempos na carreira do cavaleiro. Doda é o único brasileiro na competição, que conta com a participação de 66 cavaleiros de 18 países.

Um dos objetivos do cavaleiro é chegar ao Top 10 até o final da temporada e, mesmo sem o DAN por algumas semanas, Doda Miranda está confiante em alcançar seu objetivo.

"Não vai ser fácil, pois ficarei sem o DAN em concursos importantes. Mesmo assim vou continuar na luta contando com meus outros cavalos, o AD Norson que tem vencido diversas provas, o AD Wilbert que também vem tendo um excelente ano, o AD Jac'Pote e o AD Tomboy, um excelente cavalo, que está voltando a competir e, assim que entrar em forma, será um grande reforço para mim. Acredito que alcançar o Top 10 é possível sim, mas bem mais para o final do ano", projetou.

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo