Mais Esportes

enhanced by Google
 

Em retorno à seleção, Daiane conquista o ouro no solo

Diego Hypolito, outro atleta que voltou a competir em Natal, após uma cirurgia no tornozelo, também ficou com o ouro no solo

Gazeta Esportiva | 26/06/2011 15:09

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

A ginasta Daiane dos Santos voltou à seleção brasileira em grande estilo. Após ficar quase três anos fora do time nacional por contusões e uma suspensão por doping, ela conquistou neste domingo a medalha de ouro da prova de solo do Meeting Internacional, disputado em Natal.

A ginasta gaúcha executou uma série com acrobacias de alto grau de dificuldade, inclusive o duplo twist carpado, cometendo poucos erros e somou 13.750 pontos. A prata ficou com Gabriela Soares, com 13.550 e o bronze com Adrian Gomes, campeã do individual geral, com 13. 400.

Entre os homens, o principal destaque foi o brasileiro Diego Hypolito, que retorna após cirurgia no tornozelo. Ele conquistou o ouro no solo, deixando para trás o também brasileiro Vitor Rosa, prata, e o mexicano Santiago Lopes, que ficou com o bronze.

Pódios no sábado
Daiane já havia competido no sábado, primeiro dia do Meeting, nas provas por equipes e também no individual geral, e subido ao lugar mais alto do pódio com a seleção brasileira, que venceu a disputa entre os países.

Ainda no sábado, a equipe masculina também foi campeã na disputa em Natal. A seleção brasileira 1, formada por Diego Hypólito, Mosiah Rodrigues, Francisco Barreto e Victor Rosa, ficou com a medalha de ouro. A França ficou com a prata e a seleção brasileira 2, que contou com Petrix Barbosa, Pericles Silva, Danilo Nogueira, Artur Mariano e Caio Costa, ficou com o bronze.

Na disputa do individual geral, Francisco Barreto teve a nota mais alta na soma dos seis aparelhos e foi o campeão, com 86.800, sendo 14.250 no solo, 14.200 no cavalo com alças, 14.800 nas argolas, 14.750 no salto, 14.500 nas paralelas e 14.300 na barra fixa.

O segundo lugar ficou com Petrix Barbosa (86.750), e a terceira colocação foi para Diego Hypolito (84.750). No entanto, como determina o regulamento da Federação Internacional de Ginástica (FIG), apenas dois atletas de um mesmo país podem subir ao pódio e, por isso,o quarto colocado Aurnad Williig, da França, que somou 84.700 pontos, ficou com a medalha de bronze

Foto: Divulgação

Brasil levou o ouro por equipes no feminino e também no masculino

 

 

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo