Tamanho do texto

"Confiança eu tinha, mas treinei apenas três semanas, enquanto outros treinaram por quatro anos", reclamou o ginasta

O ginasta Diego Hypólito, que passou por duas cirurgias bem sucedidas no ombro esquerdo e no tornozelo direito, assumiu na manhã desta sexta que as lesões o prejudicaram tanto a sua preparação quanto a atuação na disputa dos Jogos Olímpicos de Londres .

Você acredita que Diego tenha sido atrapalhado por lesões? Ou ele errou? Opine!

Diego Hypólito fracassou em Londres 2012
Getty Images
Diego Hypólito fracassou em Londres 2012

"Claro que estava com um pé atrás, porque eu sabia que não tinha treinado o suficiente para competir com os outros. Confiança eu tinha, mas treinei apenas três semanas, enquanto outros competidores treinaram por quatro anos", declarou o atleta, que foi desclassificado da disputa nas eliminatórias do solo, seu melhor aparelho, após uma queda durante sua apresentação.

As cirurgias realizadas essa semana aumentam para sete a lista dos procedimentos a que o atleta foi submetido durante a carreira. De acordo com Hypólito, o número excessivo de operações está diretamente relacionado com a quantidade e intensidade dos treinamentos a que ele se submeteu durante os ciclos de preparação olímpica.

A expectativa de tempo para a recuperação do atleta é de quatro meses. Caso seja cumprida, Diego poderá voltar a treinar com o restante da equipe brasileira em janeiro e se preparar para a disputa do Campeonato Mundial de ginástica, que acontece na Bélgica, em 2013.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.