Tamanho do texto

Ben McAdoo, 38 anos, será o segundo técnico principal mais novo na NFL atrás apenas de Adam Gase, do Miami Dolphins

McAdoo foi elogiado pelo trabalho com o quarterback Eli Manning
Getty Images
McAdoo foi elogiado pelo trabalho com o quarterback Eli Manning

A direção do New York Giants decidiu promover o jovem coordenador ofensivo da franquia, Ben McAdoo, ao cargo de técnico principal da equipe na próxima temporada, depois do pedido de demissão do veterano Tom Coughlin.

Os Giants anunciaram a mudança ontem. McAdoo, que já estava na franquia há duas temporadas, conhece bem o quarterback Eli Manning e o wide receiver Odell Beckham Jr., duas das estrelas e peças fundamentais para o sucesso da equipe na liga.

Leia também: Bryant é ovacionado em Oakland, mas não evita derrota para os Warriors

"Me sinto honrado.Tenho muita sorte por grandes treinadores, administradores e jogadores se interessarem por mim e por minha carreira. Foi um privilégio trabalhar sob a proteção de Coughlin", disse McAdoo em comunicado, fazendo referência ao seu antecessor, que ficou 12 temporadas no cargo e levou o Giants à conquista de dois SuperBowls, ambos com Manning no comando do ataque.

McAdoo ganhou elogios exatamente pelo trabalho com o quarterback. Sob sua tutela na coordenação ofensiva nas duas últimas temporadas, Manning lançou para 65 touchdowns e apenas 28 interceptações, com 62,8% dos passes completados, apesar de os Giants não terem avançado aos playoffs.

Coughlin dirigiu o Giants por 12 temporadas
Al Bello/Getty Images
Coughlin dirigiu o Giants por 12 temporadas

Manning aprovou a promoção de McAdoo. O jogador disse que estava feliz e emocionado com a decisão correta dos Giants de colocá-lo como treinador principal. Além disso, o quarterback afirmou que o novo comandante é um grande técnico, um grande mestre e conta com todas as qualidades para ser um líder da equipe.

McAdoo, de 38 anos, será o segundo técnico principal mais jovem da NFL e o 17º a ocupar o posto no Giants. Ele só é superado por Adam Gase, de 37 anos, que saiu do posto de coordenador ofensivo do Chicago Bears para assumir o Miami Dolphins, confirmando uma tendência dos dirigentes dos times em contratar profissionais da nova geração para cargos de responsabilidade.

O presidente do Giants, John Mara, e o gerente-geral, Jerry Reesse, destacaram em comunicado que estavam impressionados pelos conhecimentos de McAdoo e seguros de que ele fará um grande trabalho. A franquia também confirmou que Steve Spagnuolo permanecerá como coordenador defensivo.

O ex-técnico principal dos Dolphins, Joe Philbin, está entre os favoritos para assumir como coordenador ofensivo da franquia de Nova York. McAdoo e Philbin trabalharam juntos no Green Bay Packers sob o comando de Mike McCarthy.

Anúncio no twitter: