Mais Esportes

enhanced by Google
 

"Vi Armstrong se dopar", revela Hamilton, ex-colega do ciclista

Tyler Hamilton declara a emissora que multicampeão usou substância proibida no ano em que ganhou sua primeira Volta da França

iG São Paulo | 19/05/2011 22:07

Compartilhar:

Foto: Reuters Ampliar

Lance Armstrong após queda em corrida na Espanha, em 2010

A investigação em curso sobre a suspeita de doping envolvendo Lance Armstrong ganha uma revelação bombástica. Tyler Hamilton, ex-companheiro do ciclista sete vezes campeão da Volta da França, admitiu que ele, Armstrong e outros membros da equipe US Postal Service usaram substâncias banidas pelo esporte, em entrevista ao programa "60 Minutes", da emissora norte-americana CBS.

Segundo o site da emissora, Hamilton revelou ao repórter Scott Pelley que viu Lance Armstrong usar a substância EPO (eritropoietina) em 1999, ano da primeira conquista de Volta da França, a competição mais famosa do ciclismo, por parte do futuro multicampeão. Proibidas pelas regras antidopagem, substâncias como EPO e testosterona deram vantagem aos ciclistas da equipe em corridas vencidas por Armstrong, que em fevereiro deste ano anunciou, pela segunda vez, sua aposentadoria da modalidade.

Investigado em âmbito federal nos Estados Unidos por supostamente ter participado de um programa sistemático de doping ao lado de sua equipe, o ex-ciclista sempre negou as acusações. A EPO aumenta a resistência do atleta por promover o crescimento da quantidade de células sanguíneas vermelhas no seu corpo.

Informa a CBS que foi a primeira vez que vieram a público detalhes sobre como e quando os membros da US Postal Service se dopavam. O relato de Hamilton vai ao ar pela emissora no próximo domingo, no "60 Minutes".

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo