Mais Esportes

enhanced by Google
 

Quatro ciclistas brasileiros são suspensos por doping

Os atletas serão julgados pela confederação brasileira e ainda tem o direito de pedir a análise da contraprova do exame

AE | 03/01/2012 16:14

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

selo

A UCI (União Ciclística Internacional) suspendeu provisoriamente nesta terça-feira quatro ciclistas brasileiros que testaram positivo em exames antidoping realizados em julho e em outubro do ano passado. Estão afastados Tiago Damasceno, Flávio Reblin, Wagner Alves e Elton Silva, assim como o chileno Manuel Villalobos.

Leia mais: Ex-ciclista Floyd Landis é condenado a um ano de prisão

Os exames a que Damasceno e de Reblin foram submetidos durante o Tour do Rio, em julho, assim como os de Wagner Alves e do chileno Villalobos, na Volta Ciclística de São Paulo, em outubro, apontaram a presença do esteroide estanozolol. Já Elton Silva foi flagrado na prova paulista pelo uso dos estimulantes fentermina e mefentermina.

Além deles, outros dois sul-americanos punidos pela UCI nesta terça-feira foram o peruano Ronald Luz e o boliviano Fernando Espíndola, que testaram positivo, respectivamente, para cocaína e norandrosterona, na Volta da Bolívia, em novembro.

Os ciclistas serão julgados por suas confederações nacionais e ficarão suspensos até o encerramento do processo que corre contra eles. Todos têm o direito de pedir a análise da contraprova.

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo