Mais Esportes

enhanced by Google
 

Polícia não acha prova de doping de ciclista na França

Russo Alexandr Kolobnev deixou a competição e pode ter que pagar multa pesada à sua equipe

AE | 12/07/2011 13:00

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

A polícia francesa informou nesta terça-feira não ter encontrado nada que incriminasse o ciclista Alexandr Kolobnev, em uma busca em seu quarto de hotel, depois que o russo foi flagrado no exame antidoping na última segunda-feira, durante a Volta da França, mais tradicional prova do ciclismo mundial. Mesmo não sendo punido imediatamente, ele optou por deixar a competição.

Kolobnev teve a substância proibida hidroclorotiazida encontrada em sua urina, mas afirmou não saber como este diurético, usado para mascarar outras substâncias, foi parar em seu organismo. Ele apontou que esperaria pelo resultado de sua contraprova.

Como parte da investigação, a polícia local decidiu fazer uma busca no quarto de hotel do ciclista, mas não encontrou nada de irregular. "Lutar contra o doping é extremamente complicado, mas é muito mais fácil se fizermos isso juntos", declarou o diretor da competição, Christian Prud'homme.

O atleta russo afirmou, em comunicado, que não comentaria a situação "por respeito aos organizadores e aos ciclistas em geral". Também em comunicado, sua equipe, a Katusha, informou que "se a contraprova também testar positivo, ele será demitido e terá que pagar cinco vezes seu salário como multa".

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo