Mais Esportes

enhanced by Google
 

Após recurso da UCI, Contador diz que provará inocência

Espanhol tinha sido absolvido pela corte arbitral, mas União Ciclística Internacional recorreu da decisão

Agência Estado | 24/03/2011 18:10

Compartilhar:

Atual vencedor da Volta da França, o espanhol Alberto Contador afirmou nesta quinta-feira que vai lutar para provar a sua inocência, depois da União Ciclística Internacional (UCI) decidir recorrer da sua absolvição por doping junto à Corte Arbitral do Esporte (CAS). O espanhol testou positivo para clembuterol durante a Volta da França do ano passado, mas foi absolvido de qualquer punição pela Federação Espanhola de Ciclismo, após culpar uma carne contamidada pelo resultado.

Contador está participando da Volta da Catalunha, da qual é o líder, e só foi avisado do recurso da UCI após o encerramento da quarta etapa. "Tomei conhecimento da apelação da UCI quando cheguei à linha de chegada. A corrida, portanto, passou como um dia a mais. Sou uma pessoa que pensa que as coisas acontecem porque tem que acontecer, e o melhor a fazer é ir à CAS para que fique mais clara minha inocência. Confio nos meus argumentos e nos meus advogados".

Porém, Contador lamentou a decisão da UCI de recorrer contra sua absolvição. "Eu gostaria que não houvesse recurso, mas aconteceu. De qualquer modo, os meus planos não mudam, incluindo o Giro [de Itália]. Se a UCI decidiu apelar no último dia, é porque estava estudando o caso e não encontrou outro dia melhor", disse, ao jornal esportivo espanhol AS.

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo