Tamanho do texto

Cerca de 30 pilotos tiveram problemas com pneus furados na etapa deste domingo

A Amaury Sport Organization (ASO), empresa que organiza a Volta da França, iniciou neste domingo uma investigação sobre a competição. O processo foi motivado por uma série de tachinhas encontradas durante o percurso da 14ª etapa.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Leia mais: Luis-Leon Sanchez vence 14ª etapa da Volta da França

A fase foi vencida por Luis-Leon Sanchez, da equipe Rabobank, que percorreu os191 quilômetrosentre Limoux e Foix em 4h50min29s. Ele terminou 47 segundos à frente do segundo pelotão.

E mais: Allam Khodair vence prova da Stock Car em Jacarepaguá

Num espaço de um quilômetro, pelo menos 30 ciclistas tiveram problemas com pneus na etapa deste domingo. Atletas chegaram a comparar a sabotagem à ação de hooligans em estádios de futebol.

Algoz de Bellucci, Tipsarevic é campeão de torneio em Stuttgart

“Nós achamos algumas tachinhas. Elas foram obviamente jogadas na pista por algum espectador. Havia aproximadamente 50 ciclistas no pelotão de elite, e 30 deles tiveram problemas com pneus”, disse Jean-François Pescheux, diretor de competições da ASO, em comunicado oficial.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.