Publicidade
Publicidade - Super banner
Mais Esportes
enhanced by Google
 

Na despedida, Popó imita “Rocky” e arrasa novato

Aos 36 anos, boxeador derrota Michael Oliveira, 14 anos mais novo, por nocaute técnico em luta realizada no Uruguai

iG São Paulo | - Atualizada às

Após cinco anos sem lutar, Acelino Popó Freitas, 36 anos, retornou aos ringues neste sábado para a sua despedida. Contra um adversário 14 anos mais novo, Michael Oliveira, o veterano boxeador e hoje deputado federal venceu a luta por nocaute, no 9º round.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores



Sem esconder o cansaço no ringue, o baiano mostrou raça e a técnica dos bons tempos e conseguiu derrubar o rival apontado como a maior revelação do boxe brasileiro dos últimos tempos. A luta aconteceu em Punta del Este, no Uruguai.

VEJA TAMBÉM: Como foi a preparação de Popó para a volta aos ringues

"O campeão não voltou, só se despediu com chave de ouro. Estava parada em competição, mas nunca parei de treinar", disse o vecendor da luta em entrevista ao Sportv.

Michael Oleiveira, que é campeão latino dos pesos médios do WBC (Conselho Mundial de Boxe), sofreu nas mãos de Popó durante toda a luta. O veterano dominou a disputa durante todos os rounds e levou o rival ao chão por duas vezes. Na segunda, já no 9º round, Michael não resistiu e perdeu a luta.

Se antes da luta houve troca de empurões entre os boxeadores, após a vitória de Popó o clima foi amigável. o vencedor fez questão de conversar com o derrotado. "Disse que realizei o meu sonho, que era lutar com o meu ídolo", afirmou Michael Oliveira.

"Só estava dormindo"
Após a vitória, Popó se emocionou ao comentar o seu retorno aos ringues. Assim como o personagem Rocky Balboa, famoso pela sequencia de filmes sobre boxe, o baiano voltou a lutar após muito tempo parado. Cinco anos, no caso de Popó. "Disseram que eu estava morto. Não, o Popó só estava dormindo", declarou.

Leia tudo sobre: PopóboxeMichael Oliveira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG