Tamanho do texto

O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (23) via Twitter na conta do Museu Yogi Berra

AP

Lawrence Peter 'Yogi' Berra  morreu nesta quarta-feira (23) aos 90 anos de causas naturais em sua casa, em Nova Jersey, de acordo com Dave Kaplan, diretor do Museu Yogi Berra. Ele foi o mais conhecido catcher  do New York Yankees, sendo várias vezes eleito o melhor jogador do ano, pela Liga Americana de Beisebol. 

O anúncio foi feito via twitter na conta do próprio museu.

Reprodução Twitter
"É com o coração pesado que compartilhamos a notícia de que Yogi Berra faleceu aos 90 anos. #YogiBerra"

"Lamentamos a perda de nosso pai, avô e bisavô mas sabemos que ele está em paz com a minha mãe", disse um membro da família de Berra em comunicado divulgado pelo museu. "Nós celebramos sua vida notável e somos gratos pelo que ele significou para tantas pessoas."

Leia também: Muhammad Ali é homenageado em rara aparição pública

Berra jogou pelos Yankees de1949 a 1965 e entrou para o 'Hall of Fame' em 1972. Seus companheiros de equipe foram lendas como Joe DiMaggio, Mickey Mantle e Whitey Ford.

Baixinho, Berra foi um Yankee lendário ao seu modo, ajudando a equipe a chegar a 14 World Series durante suas 18 temporadas no Bronx. Ele foi o atleta que jogou em mais jogos da World Series. 

Sua demissão em 1985 após 16 jogos como treinador dos Yankees provocou uma briga com George Steinbrenner, dono do time. Berra jurou nunca para voltar ao Yankee Stadium enquanto era Steinbrenner comandasse a equipe.

Reprodução Twitter
"Nós estão profundamente entristecidos pela perda de uma lenda dos Yankees e herói americano, Yogi Berra."