Tamanho do texto

Reportagem do iG acompanhou o Ecomotion/Pro 2013, que acabou no final de semana. A equipe espanhola Columbia Vidaraid faturou o bicampeonato

Equipe Columbia durante o Ecomotion/Pro. Eles faturaram o bicampeonato na prova
Alexandre Cappi/Ecomotion
Equipe Columbia durante o Ecomotion/Pro. Eles faturaram o bicampeonato na prova

Correr ou andar 117 km por areia, costeira ou mata fechada. Pedalar na mountain bike por mais 284 km. Canoagem de 154 km por rio ou mar. E ainda 3,5 km de natação e trechos de caverna, rappel e ascensão. Tudo orientado apenas por bússola e mapas. E se você errar e se perder pelo meio do caminho, as distâncias podem aumentar, e muito. Coisa de maluco? Não. É apenas uma corrida de aventura.

O iG  acompanhou a 10ª edição do Ecomotion/Pro, que aconteceu na Costa do Cacau, região sul da Bahia e acabou o final de semana. A largada da prova foi no domingo, dia 11 de agosto, às 11h, e a equipe vencedora só cruzou a linha de chegada na sexta-feira, por volta de 16h. As equipes tinham até sábado para concluir a prova de 620 km. 

A campeã foi a Columbia Vidaraid, da Espanha. O quarteto formado pelos brasileiros Barbara Bomfim e Marco Aslem e pelos espanhóis Urtiz Iglesias e Jon Arambalza faturou o segundo título seguido na prova.

Quer saber mais como é uma corrida de aventura? Veja vídeos com os depoimentos dos atletas ao longo dos seis dias de prova nos links:

Pronto para começar:  Conhecimentos básicos, preparação e largada do Ecomotion/Pro
Clima da prova:  Corrida teve momentos de diversão e também reservou muita aventura na Bahia
Momento da alimentação:  Prova tem paradas com água e frutas e descanso obrigatório
Dores pelo corpo:  Pés são as primeiras vítimas da corrida de aventura
O campeão:  Depois da festa do campeão, tudo o que os atletas querem é uma cama


*repórter viajou a convite da organização

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.