Mais Esportes

enhanced by Google
 

Geisa Arcanjo recebe apenas advertência por doping

Justiça aceitou a tese apresentada pela procuradoria e pela defesa da atleta e aplicou a pena mínima

Agência Estado | 23/03/2011 20:41

Compartilhar:

Primeira brasileira a faturar uma medalha de ouro em um Mundial Juvenil de Atletismo, a arremessadora Geisa Rafaela Arcanjo recebeu apenas uma advertência da Comissão Disciplinar Nacional (CDN). Ela foi julgada pelo resultado antidoping para hidrocloroatiazida na competição em que ela se tornou campeã mundial juvenil do arremesso de peso, em julho do ano passado, no Canadá.

Os membros da CDN, 1ª instância da Justiça Desportiva da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), acataram por quatro votos a um a tese da procuradoria e da defesa da atleta, e aplicaram à uma das maiores esperanças do atletismo brasileiro a pena mínima de advertência. Geisa corria o risco de ser suspensa por até dois anos.

"Mesmo sendo uma advertência, não posso dizer que esteja plenamente feliz, pois de qualquer forma é uma punição por algo que fiz de errado, mas o que me deixa um pouco mais contente é que agora já posso me concentrar em obter futuramente resultados que garantam a minha vaga para o Pan-americano de Guadalajara", afirmou a atleta.

Conforme as normas da Associação Internacional das Federações de Atletismo e da Agência Mundial Antidoping (IAAF/WADA), Geisa estava suspensa provisoriamente desde o dia 20 de outubro de 2010, quando a CBAt foi comunicada do doping. Agora ela aguarda para saber se a IAAF acata a decisão da justiça desportiva brasileira para que ela possa voltar a competir.

Em sua defesa, Geisa alegou que ingeriu produtos para emagrecimento, como chá verde, sem avisar seus treinadores e sem ter conhecimento que estava consumindo substâncias consideradas dopantes.

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo