Tamanho do texto

Suspensão "está pendente de investigação das denúncias", confirmou representante do órgão da federação internacional

Atletas quenianos protestam contra Isaiah Kiplagat e pedem sua renúncia da federação queiniana
Dai Kurokawa/EFE
Atletas quenianos protestam contra Isaiah Kiplagat e pedem sua renúncia da federação queiniana

A Comissão de Ética da Federação Internacional de Atletismo (IAAF) anunciou nesta segunda-feira a suspensão provisória de 180 dias do presidente da Federação Queniana, Isaiah Kiplagat, além do vice e do tesoureiro da entidade.

Em comunicado, o presidente da Comissão de Ética da IAAF, Michael Beloff, explica que "no interesse da integrante no esporte" tomou a decisão, também contra David Okeyo (vice) e Joseph Kinyua (tesoureiro).

A suspensão de acordo com o dirigente "está pendente de investigação das denúncias", confirmou representante do órgão da federação internacional.

O caso em questão é uma "potencial fraude no sistema antidoping do Quênia", além de um suposto uso irregular de dinheiro que a federação recebeu da Nike.

Isaiah Kiplagat foi acusado, além disso, de ter recebido dois automóveis da Federação Catariana de Atletismo entre o ano passado e nesse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas