Tamanho do texto

Usain Bolt dominou as provas de velocidade masculinas do campeonato mundial de atletismo em Pequim nesta semana

Usain Bolt deixa todos os rivais para trás desde 2008. Será que ele é imbatível?
Cameron Spencer/Getty Images
Usain Bolt deixa todos os rivais para trás desde 2008. Será que ele é imbatível?

Ele venceu os 100 e 200 metros rasos, além de ter ajudado a equipe da Jamaica a levar o ouro no revezamento 4x100.

Desde a Olimpíada de Pequim, em 2008, Bolt ganhou todas as provas de que participou no campeonato mundial e nos Jogos Olímpicos, com exceção de uma, em que foi desqualificado por ter queimado a largada.

Qual é seu segredo?
Quando corredores amadores querem acelerar, eles costumam mover suas pernas o mais rápido possível. Então, é possível pensar que Bolt consegue a façanha ao mover suas pernas mais rápido do que seus rivais.

Mas esta ideia não se sustenta. "Velocistas de elite não movem suas pernas mais rápido do que os amadores", diz Sam Allen, da Universidade de Loughborough, na Inglaterra.

O que faz Bolt ir mais rápido é, na verdade, o fato de ele dar passadas mais longas e fortes.

Pesquisas mostram que um corredor amador normalmente dá entre 50 e 55 passos para completar uma prova de 100 metros, enquanto um velocista profissional dá em média 45.

"Atletas de elite têm mais impulsão, porque têm mais fibras musculares capazes de realizar movimentos rápidos. Eles passam menos tempo em contato com o chão, o que permite que se propulsionem para frente ainda mais rapidamente", afirma Allen.

Estudos realizados pelo pesquisador americano Peter Weyand chegaram à conclusão que, ao atingir sua velocidade máxima, um corredor de elite normalmente passa 0,08 segundos em contato com o solo em cada passada, em comparação com 0,12 segundos de um corredor amador.

Destaque entre os melhores
Sam Allen diz que os velocistas mais rápidos passam cerca de 60% do tempo no ar, sem tocar os pés no chão, enquanto um amador passa 50% do tempo assim.

Mas Bolt se destaca até mesmo entre os principais velocistas do mundo, em parte por causa de sua altura.

"Bolt é um anormalidade genética. Com 1,95 metros de altura, ele não deveria ser capaz de acelerar tanto quanto consegue, por causa do comprimento de suas pernas", diz o ex-velocista britânico Craig Pickering.

Bolt normalmente completa uma prova de 100 metros rasos com 41 passos, cerca de três ou quatro a menos que seus adversários.

"O comprimento da passada é o principal fator que diferencia um bom corredor, capaz de correr os 100 metros em menos de dez segundos, daqueles que não conseguem fazer isso", afirma Pickering.

"No início da corrida, você quer dar passos mais curtos para acelerar, mas, como ele é muito alto, ele não pode fazer isso. Mas, quando atinge sua velocidade máxima, Bolt fica em grande vantagem em relação a todos os outros, porque consegue dar menos passadas."

É verdade que o treinamento pode ajudar qualquer atleta a ser mais rápido, mas Sam Allen diz que "os melhores velocistas sempre se beneficiarão do fato de terem um grande talento natural" - como o de Bolt.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.